Aeroporto de Natal tem autorização para relicitação

Compartilhar

Com o anúncio do desinteresse da empresa em permanecer explorando o aeroporto, o governo tenta, desde março de 2020, fazer uma nova licitação para o aeroporto

(Foto: divulgação)

A decisão do ministro do TCU, Aroldo Cedraz, de liberar o processo de relicitação do Aeroporto Internacional de Natal, em São Gonçalo do Amarante, foi comemorada pelo Senador Jean (PT-RN).

O processo estava paralisado desde o mês de agosto em virtude do ministro ter considerado que o governo deveria ter definido de forma clara o montante da indenização que ainda está sendo discutida em um ambiente de arbitragem. 

Governo tenta desde 2020 encontrar um novo concessionário para o aeroporto

Desde o anúncio da  Inframérica, concessionária do aeroporto, de que iria devolver a concessão, o Senador Jean tem se mobilizado junto com a governadora Fátima para garantir a continuidade das operações aéreas no estado com qualidade e modernização dos serviços. 

"Assim que a Inframérica anunciou a devolução do Aeroporto, tivemos várias reuniões com os executivos da empresa que nos garantiram a continuidade das operações sem nenhum prejuízo para o estado. Fico feliz de ver que a empresa vem cumprindo o que nos prometeram", explicou Jean.

Com o anúncio do desinteresse da empresa em permanecer explorando o aeroporto, o governo tenta, desde março de 2020, fazer uma nova licitação para o aeroporto. A transferência da concessão para outro responsável pela exploração trombou, no entanto, no processo de devolução da operação pela Inframerica.

TCU pediu esclarecimentos

A entrada do TCU no processo complicou a operação de licitação para o governo. O ministro Aroldo Cedraz queria ter a certeza de que o valor da indenização a ser paga pelo Governo à atual concessionária estava correto. A indenização é devida pelos investimentos feitos pela Inframerica em São Gonçalo do Amarante. 

"Encontrar uma solução para esse impasse era fundamental. A saída anunciada da Inframerica do RN paralisa investimentos do trade turístico num momento fundamental para a recuperação do setor. A definição de quem vai operar o aeroporto nos próximos anos é urgente", afirmou o Senador do Rio Grande do Norte.

No despacho divulgado esta semana, Cedraz liberou o andamento do processo no TCU e pediu prioridade para que o caso seja rapidamente submetido ao plenário da Corte.

Compartilhar

0 comentários em "Aeroporto de Natal tem autorização para relicitação"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA