Bolsonaro encerra passagem pelo RN sem conseguir mostrar as águas do São Francisco

Compartilhar

A barragem seria o primeiro reservatório a receber as águas do São Francisco no Estado, mas até o fim da cerimônia a água não tinha chegado

(Foto: reprodução)

Do Blog Will Vicente

Dividido entre solenidades em Jucurutu, onde visitou a barragem de Oiticica, e Jardim de Piranhas, onde celebraria a chegada das águas de transposição do Rio São Francisco, Bolsonaro voltou a expor sua xenofobia chamando os nordestinos de cabeça chata, segundo noticiou o UOL.

E pior, se o povo esperava por água, ou pelo menos isso deveria ser mais importante, essa tarefa ficou mesmo para São Pedro. O Rio Grande do Norte não viu uma gota d'água do Velho Chico .

Segundo informações da Agência Saiba Mais, a barragem de Oiticica fica entre os municípios de Jardim de Piranhas, São Fernando e Jucurutu.

A barragem seria o primeiro reservatório a receber as águas do São Francisco no Estado, mas até o fim da cerimônia a água não tinha chegado, segundo a direção da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).

Ainda de acordo com as informações da Agência Saiba Mais, por causa de um erro de cálculo, até a manhã desta quarta as águas não tinham chegado sequer à cidade de São Bento, que fica a 18 quilômetros de Jardim de Piranhas, município que faz parte da Barragem de Oiticica e fica a uma hora de Jucurutu.

Com isso, apesar dos shows e passeatas, a água presente no rio era apenas das chuvas na região.

Compartilhar

0 comentários em "Bolsonaro encerra passagem pelo RN sem conseguir mostrar as águas do São Francisco"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA