Cineasta potiguar estreia série documental sobre cinema independente em canal nacional

Compartilhar

Um convite ao cinema nacional, para revelar o que faz alguém querer contar histórias.

Num país onde produzir e viver da arte é uma tarefa desafiadora, fica a provocação: o que motiva cineastas, produtores e artistas a apostar no cinema independente? Este é o questionamento estrutural da série documental ''Onde está o cinema brasileiro?'', que estreia dia 1 de junho, às 21h, no canal Prime Box Brazil. 

A série é dirigida e roteirizada pela documentarista potiguar, Dênia Cruz, que percorreu durante um ano parte do circuito de festivais de cinema independente brasileiro, apresentando um panorama da produção audiovisual nacional, de filmes documentais e ficcionais de curtas e longas metragens, estabelecendo as relações dialéticas entre os filmes, seus realizadores e os territórios de exibição e difusão das obras.

Na primeira temporada da série, o foco da produção foi direcionado ao nordeste, com idas aos festivais de cinema das cidades de São Miguel do Gostoso (RN), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE), Triunfo (PE), São Luiz (MA), Taquaritinga do Norte (PE), Penedo (AL) e Natal (RN). Entre os realizadores entrevistados, estão grandes nomes do cinema independente nacional, como Walter Carvalho, Aly Muritiba, Rosemberg Cariry, Suzana Lira, Cristiano Burlan, Betse de Paula, Di Moretti, o pesquisador Jean-Claude Bernadet, entre muitos outros.

A obra tem realização da Prisma filmes, produtora potiguar com mais de 20 anos de atuação no mercado. É um produto audiovisual financiado com recursos do FSA - Fundo setorial do audiovisual.

Assista nos canais: Claro 656, 157 da SKY, 646 da Vido HD e 85 da Oi TV. E ao vivo também, na plataforma Box Brazil Play. 

Sobre a diretora:

É documentarista e produtora audiovisual, Especialista em Cinema e Mestre em Estudos da mídia, tem cerca de 20 anos de experiência em produções audiovisuais e reportagens, atuando em produtoras e TVs do RN. Diretora e idealizadora da série documental “Onde está o cinema brasileiro?” (2019/2022). Dirigiu e produziu os curtas documentais “ Vila de Bilros” (2021), “ O ano que a terra tirou férias” (2021), "Casa com parede (2019), “Leningrado, linha 41” (2018)/ “A estrela da baía mais formosa” (2015)/ “O impreciso mar que nos move” (2014)/ "Maré alta" (2012) e o experimental "CO2" (2012). Foi produtora executiva dos documentários "A parteira" (2018), “Vozes do semiárido” (2018) e diretora de produção do doc "Memórias roubadas" (2017), das ficções “Quando as coisas se desmancham” (2017) e "A cena roubada"(2016). Produção executiva da série documental "Encantarias" (2018). Também foi presidente e membro da diretoria da ABDeC-RN(Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas do RN) de 2013-2017 e produtora do projeto cultural “Mostra Trinca audiovisual".


Ficha técnica “Onde está o cinema brasileiro?”

Direção e roteiro: Dênia Cruz

Produção executiva: Catarina Doolan e Tereza Duarte 

Direção de fotografia: Johann Jean e Julio Schwantz

Som direto: Paolo Araújo

Assistente de fotografia e som: Vitoria Real

Produção de set: Paula Maux

Assistente de produção executiva: Diana Coelho

Mixagem e desenho de som: Icone Mudernagem

Finalização e correção de cor: Rodrigo Fernandes

Trilha sonora original: Banda Rosa de pedra

Realização: Prisma Filmes

Compartilhar

0 comentários em "Cineasta potiguar estreia série documental sobre cinema independente em canal nacional "

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA