Com greve de vigilantes, bancos de Mossoró param atendimento ao público

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

(Foto: Portal No Ar)
A greve dos vigilantes dos bancos no Rio Grande do Norte interrompeu o atendimento das agências bancárias em Mossoró.

O expediente tem sido apenas interno. Os caixas eletrônicos estão funcionando normalmente.

De acordo com o Sindicato dos Bancários do RN, todas as agências suspenderam o atendimento ao público.

Greve

Os vigilantes do Rio Grande do Norte iniciaram greve por tempo indeterminado ontem (26).

Em campanha salarial desde o final de 2017, os vigilantes do RN pedem a manutenção das cláusulas existentes no ACT, inflação mais 3% de ganho real, aumento no vale-refeição de R$ 13 para R$ 17 e o pagamento integral do Plano de Saúde pela empresa.

Os patrões oferecem reajuste de 1,81% tanto no salário quanto no vale-refeição, a devolução de todos os dirigentes sindicais às empresas, suspensão do desconto sindical em folha e ainda pretende implantar todas as mudanças impostas pela Reforma Trabalhista.

Francisco José Junior é condenado a quatro anos e dois meses de prisão

(Foto: reprodução)

O juiz Cláudio Mendes Júnior, da 3ª Vara Criminal de Mossoró, condenou o ex-vereador e ex-prefeito daquele município, Francisco José Lima Silveira Júnior, a uma pena de quatro anos e dois meses de reclusão pela prática do crime de peculato, consistindo no desvio, em proveito próprio, de recursos financeiros liberados mensalmente aos parlamentares da Câmara Municipal de Mossoró a título de verba de gabinete, destinando, para si, dinheiro público reservado ao custeio das despesas necessárias ao funcionamento do gabinete parlamentar. A prática foi descoberta pela denominada Operação Sal Grosso.

O ex-vereador deve cumprir a pena inicialmente em regime semiaberto em virtude do tempo da condenação, bem como as circunstâncias judiciais do artigo 69 serem em sua maioria favoráveis ao acusado.

Entretanto, aplicando posicionamento do STF, o julgador permitiu que Francisco Júnior permaneça solto, pois entendeu não haver necessidade de sua prisão preventiva.

Como foram bloqueados valores em nome do acusado, bem como tornados indisponíveis bens imóveis, o magistrado manteve as medidas cautelares deferidas para que, mantida a condenação, permita o ressarcimento da Fazenda Municipal conforme se determina a legislação.

O processo, atualmente, encontra-se em grau de apelação junto ao Tribunal de Justiça do RN.

Operação

A condenação se deu em virtude de uma ação penal pública movida pelo Ministério Público contra Francisco José Lima Silveira Júnior, pela prática do crime de peculato (23x), em concurso material, no âmbito da Câmara Municipal de Mossoró.

O MP afirmou que a investigação adveio da operação deflagrada em 31 de julho de 2007, pela 11ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, para investigar supostas condutas criminosas praticadas pelos vereadores do Município de Mossoró.

De acordo com o MP, houve o desmembramento do procedimento de investigação devido ao elevado volume de documentos apreendidos, sendo que um desses originou um outro Procedimento Investigatório Criminal na mesma 11ª PJPP, instaurado para apurar possíveis praticas criminosas relativas aos desvios em proveito próprio de recurso financeiros liberados mensalmente aos parlamentares da Câmara Municipal de Mossoró a título de verbas de gabinete. Posteriormente, esse último PIC foi desmembrado em vários outros procedimentos, passando o acusado a figurar como investigado no PIC 006/2008– 11ª PJPP.

De acordo com o MP, em 06 de dezembro de 2013, o acusado assumiu a chefia do Poder Executivo Municipal, e, diante do disposto no art. 29, inciso X da Constituição Federal, os autos foram remetidos à Procuradoria-Geral de Justiça, que o autuou sob o número 076/2014-PGJ, bem como ofereceu denúncia, que foi apresentada em 18 de dezembro de 2015 acompanhada do Procedimento de Investigação Criminal oriundo do Ministério Público nº 076/2014-PGJ, das cautelares de quebra de sigilo bancário e sequestro de bens.

Segundo a acusação, “entre janeiro de 2005 a julho de 2007, no Município de Mossoró/RN, Francisco José Lima Silveira Junior, no exercício do mandato de vereador daquela cidade, com a colaboração de Sebastião Fagner Silveira Lima de Oliveira, João Newton da Escóssia Junior e Edilso fernandes da Silva, desviou, em proveito próprio, recursos financeiros liberados mensalmente aos parlamentares da Câmara Municipal de Mossoró a título de verba de gabinete, destinando, para si, dinheiro público reservado ao custeio das despesas necessárias ao funcionamento do gabinete parlamentar”.

Ainda segundo a denúncia, “no período delimitado acima, com a colaboração dos demais agentes, Francisco José Lima Silveira Junior desviou a importância de R$ 75.924,67, em prejuízo do patrimônio público de Mossoró/RN, que atualizados monetariamente até dezembro de 2015, totalizam R$ 155.100,15.

De acordo com o MP, os recursos desviados pelo acusado fazem parte da chamada verba de manutenção de gabinete, uma espécie de suprimento de fundos que tem por objetivo recompor as despesas excepcionais assumidas pelo vereador e utilizadas no exercício de suas atividades parlamentares.

Essas verbas eram concedidas em regime de adiantamento, sempre precedida em empenho, para realização de despesas que não possam se subordinar ao processo normal de aplicação (Lei nº 4.320/64, art. 68). No âmbito da Câmara Municipal de Mossoró/RN, a concessão e aplicação desta verba é disciplinada pela Resolução nº 002/2001 – CMM.

O Ministério Público afirmou que os valores repassados para o gabinete do acusado Francisco José Lima Silveira Júnior, nos anos de 2005 a 2007, mediante cheques, foram sacados na “boca do caixa” por Sebastião Fagner Silveira Lima Júnior e desviados por ele para as contas pessoais do acusado, misturando-se ao salário deste, bem como aos demais créditos.

Materialidade e a autoria comprovadas

Para o juiz Cláudio Mendes Júnior, a prova documental constante nos autos, aliadas aos depoimentos testemunhais, mostra-se absolutamente robusta e suficiente para atestar a materialidade e a autoria em relação ao acusado Francisco José Lima Silveira Júnior do crime de peculato na modalidade desvio.

Segundo o juiz, a materialidade do delito está comprovada pelo Relatório Conclusivo de Cooperação Técnica nº 07/2015/GAECOMPRN, em extratos bancários, notas de empenho e recibos, além dos Laudos Periciais, onde atestam que o acusado recebeu os valores sem apresentar nenhum comprovante de utilização da verba de gabinete.

O magistrado esclareceu que as provas constantes nos autos denotam que o acusado Silveira Junior, no período concernente aos anos de 2005 a 2007, em conluio com seu chefe de gabinete, Sebastião Fagner Silveira Lima de Oliveira, desvirtuou todo o procedimento previsto na Resolução 002/2001 – CMM, com a finalidade de desviar os numerários concedidos a título de verbas de gabinete.

“Frise-se, por oportuno, que após depositados nas contas pessoais do acusado, os valores das verbas de gabinete eram utilizados para pagamento de seus gastos pessoais, tais como, contribuições para entidades de previdência privadas, débitos com empresa de factoring ou se diluíram entre os créditos pessoais do réu, conforme demonstra Relatório Conclusivo de Cooperação Técnica nº 07/2015/GAECOMPRN (fl. 1588/1624). (…) O dolo do acusado Francisco José Lima Silveira Júnior é evidente, diante da robusta prova contida nos autos.”, mencionou o juiz.

"Brasil 200" vem a Mossoró

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Flávio Rocha vem a Mossoró falar sobre o projeto
(Foto: divulgação)
O Movimento denominado “Brasil 200 – Independência para todos”, que tem viajado pelo país, terá lançamento em Mossoró na próxima segunda-feira (05), às 15h, no auditório do Senai.

Tido como presidenciável, Flávio Rocha, dirigente da Rede de Lojas Riachuelo, é um dos que encabeçam a ideia e estará presente no evento.

O movimento, que se diz apartidário, é abalizado por empresários em todo Brasil, e levanta a bandeira da direita. 

O "Brasil 200" faz alusão à Independência do Brasil, que completará 200 anos em 2022, data onde será finalizado o mandato do presidente da República a ser escolhido no pleito de 2018. De acordo com o projeto, é ideia do Brasil 200 ouvir a população, elaborar propostas, oferecê-las e cobrá-las aos futuros dirigentes do País durante os 4 anos.

A chegada do movimento em Mossoró está sendo organizada pelos empresários Jorge do Rosário e Tião Couto, que participaram do lançamento em Natal, no último dia 22.

Câmara de Mossoró finalmente retorna trabalhos nesta quarta-feira

(Foto: Wilson Moreno)
As sessões ordinárias da Câmara Municipal de Mossoró (CMM), no segundo ano desta legislatura, devem retornar na próxima quarta-feira (28), às 16h.

Na sessão de abertura dos trabalhos será lida a mensagem anual do Executivo pela prefeita Rosalba Ciarlini. De acordo com convite, "balanço da gestão em 2017 e perspectivas para 2018".

Adiado por mais de uma semana, o retorno dos trabalhos legislativos espera a volta da prefeita Rosalba Ciarlini de sua viagem de férias pela Europa e Ásia.

Pelo Regimento Interno, a volta deveria ser na semana seguinte ao carnaval.

O horário marcado para a sessão, normalmente pela manhã, também foi adequado à agenda de Rosalba. 

Cidadania em Mossoró surfa na hipocrisia e faz turismo fora da realidade

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018


O surfe de Silveira era piada constante (Foto: redes sociais)

Mossoró é um lugar estranho. Parece um romance de realismo fantástico escrito por Gabriel Garcia Marquez. Entre dezembro de 2013 e dezembro de 2016 a cidade viveu um surto de cidadania em que cada passo da gestão municipal era fiscalizado e denunciado com fervor nas redes sociais. Era uma cruzada moralista impressionante.

Pura hipocrisia, infelizmente!

Quer um exemplo? Eu dou.

Quando prefeito, Francisco José Junior era ridicularizado porque tem como hobby surfar. Era como se eu, você e os críticos da gestão dele não tivessem algum passatempo nos momentos de folga.

Cada surfe dele recebia uma sequência interminável de posts nas redes sociais, memes com piadas de mau gosto e críticas na mídia.

Agora, a prefeita Rosalba Ciarlini faz turismo pela Europa e Ásia numa viagem suntuosa em momento de crise tão grave quanto nos tempos do antecessor. A mídia faz silêncio, não há memes nem muito menos críticas.

Nem parece que a viagem da prefeita impediu o retorno das atividades da Câmara Municipal, atrasando a votação do reajuste do piso dos professores.

O silêncio sobre a vigem da prefeita surfa na hipocrisia de quem tolera tudo da chefe do executivo municipal, mas não aceitava nada do antecessor. O prefeito surfista não é diferente da prefeita turista ainda mais se a crise parece crônica.

A cidadania em Mossoró faz turismo fora da realidade de uma cidade que segue com os mesmos problemas de sempre. Em tempo: na Escola Municipal Genildo Miranda, localizada na Comunidade de Alagoinha, os pais não estão levando os filhos para aulas quando chove alegando que as paredes dão choque.

Os dois pesos e duas medidas não são apenas da imprensa, mas também de uma sociedade que só é cidadã quando não gosta de quem está no poder.

O pau que não bate na Rosa, batia em Francisco.

Nota do Blog do Barreto: escrevo esse texto com a autoridade moral de quem critica a mídia natalense por ser muito mais branda com o governador Robinson Faria do que nos tempos de Rosalba Ciarlini.

Partido da Igualdade e Muda Brasil esperam julgamento do TSE para participação nas eleições 2018

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

O presidente nacional do partido da Igualdade, Kláudio Martins, esteve em Mossoró esta semana. 

Ele reafirmou o trabalho que tem desempenhado para aprovar o registro da legenda para participação das eleições ainda este ano. 

“Temos fé que conseguiremos o registro. Somos um partido de causa para defender as mais de 45 milhões de pessoas que a atenção especial de políticas públicas para a
Presidente do Avante em Mossoró, presidente nacional
do Igualdade e deputado  em visita á imprensa,
 com equipe da TCM 95 FM
acessibilidade, falta muito pouco para alcançarmos o nosso objetivo, que é transformar o nosso Brasil em uma nação mais igual, para isso acontecer, necessitamos de todo apoio para concluir a nossa campanha de coleta das 400 mil assinaturas para o nosso registro definitivo junto ao TSE", 
disse o biólogo Kláudio Martins.

Entre projetos primordiais, os articuladores do partido citam que pela primeira vez na historia do Brasil uma sigla cria uma ala que lutará pela implantação de politicas públicas para os autistas.

O presidente do partido, ligado ao PR, esteve em Mossoró acompanhado do deputado estadual pelo estado do Pernambuco, Jadeval de Lima, e visitaram a imprensa ao lado do do presidente municipal do Avante em Mossoró, Franklin Robson.


Prefeitura de Mossoró se isenta de responsabilidade por demora em credenciamento de Hospital

A prefeitura de Mossoró afirma que o próprio Hospital São Luiz é responsável pelos trâmites burocráticos para credenciar pelo SUS os 20 leitos de UTI que estão inutilizados na unidade de saúde.

A informação foi dada numa nota divulgada pelo Executivo Municipal, em que se isenta da responsabilidade pela demora no processo de credenciamento.

Ontem (21), uma comissão de vereadores visitou o hospital e afirmou que verificará os entraves que estão emperrando o credenciamento.

Inclusive, enfatizaram, através da presidente Izabel Montenegro, a parceria que existia em outras gestões entre o município de Mossoró e a cidade de Russas - onde se encontra a matriz do Hospital São Luiz - em relação à utilização dos serviços de saúde. Enquanto hoje há a dificuldade para o credenciamento público. 

Veja reportagem com as declarações, realizada pela TV Cabo Mossoró (TCM), na íntegra, ao final da matéria. 

Abaixo, a nota da Prefeitura de Mossoró.

A Prefeitura de Mossoró vem a público esclarecer que o credenciamento dos leitos do Hospital São Luiz ao Sistema Único de Saúde (SUS) não depende do Município, mas sim do cumprimento das portarias Nº 1.044, DE 01 DE JUNHO DE 2004 e Nº 2.395, DE 11 DE OUTUBRO DE 2011 do Ministério da Saúde. O Hospital São Luiz é uma instituição privada e precisa atender às exigências dos artigos e parágrafos dessas portarias para estar apto ao credenciamento dos leitos ao SUS.

A partir do momento que o São Luiz atender a todos os critérios exigidos, o Hospital deverá reunir a documentação comprobatória e submeter à aprovação do Conselho Municipal de Saúde. Caso haja deferimento, o Hospital terá que se dirigir ao Conselho Estadual de Saúde para uma nova avaliação. Havendo aprovação do Conselho Estadual, o processo deverá ser encaminhado ao Ministério da Saúde, que publicará resultado de aprovação ou desaprovação.

O Município tem o entendimento da importância desses 20 leitos na Unidade de Terapia Intensiva à cidade, mas reforça sobre a liberação legal do Ministério da Saúde. A Secretaria de Saúde está disponível e aberta ao diálogo para ajudar no processo de liberação dos leitos.


Reportagem exibida pela TCM, em 21/02/2018

Prefeitura de Mossoró justifica falta de insulinas

A Prefeitura de Mossoró divulgou uma nota em que explica o motivo da falta de insulina nas unidades de saúde do município.

Segundo o comunicado, o atraso da chegada de novos medicamentos se deu pela desistência da empresa que venceu a licitação para o fornecimento das insulinas.

Informa ainda que os trâmites burocráticos já foram tomados para que um outro laboratório, segundo colocado na licitação, assumisse a responsabilidade.

A promessa é de chegada dos novos lotes nesta sexta-feira (23).

Veja informações na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde seguiu todos os trâmites legais para validação de pedido de insulinas. No mês de janeiro, a Prefeitura divulgou o resultado de licitação, realizada no ano passado, com a finalidade de comprar 36 mil unidades da insulina Degludeca e mais 18 mil da insulina Asparte, correspondendo a um investimento de mais de R$ 3.6 milhões.

A Prontomédica Produtos Hospitalares ficou em primeiro lugar no resultado da licitação, divulgada em janeiro, mas acabou desistindo do certame. Essa desistência ocasionou mais demora no fornecimento. A Secretaria de Saúde tomou conhecimento dessa decisão e agilizou os processos licitatórios legais, visando dar celeridade para que a Sellene Comércio e Representações LTDA, segunda colocada, pudesse assumir a responsabilidade de fornecer os medicamentos.

A Secretaria de Saúde solicitou, neste primeiro momento, 5.929 unidades de insulinas, sendo 3.128 Degludeca e 2.801 Asparte, que serão distribuídas gratuitamente aos usuários cadastrados. A prestadora Sellene Comércio e Representações LTDA já foi notificada do pedido da Prefeitura. A Secretaria de Saúde recebeu garantia da Sellene que as insulinas estarão no Município nesta sexta-feira, 23. Assim que elas forem recebidas, a Secretaria de Saúde, através do setor responsável, comunicará todos os usuários informando os horários de distribuição.

A partir da entrega, a Secretaria fará novo pedido de remessa do medicamento para abastecer aos mossoroenses. Essa primeira solicitação das insulinas corresponde a um investimento da ordem de R$ 349.975,40.

Comissão constata 20 leitos vazios em unidade hospitalar

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Em visita ao Hospital São Luiz, nesta quarta-feira (21), uma comissão da Câmara Municipal de Mossoró, formada pelos vereadores Izabel Montenegro, Ozaniel Mesquita, Emílio Ferreira, Raério, Isolda Dantas, Didi de Arnor e Aline Couto, constataram 20 leitos vazios de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O motivo, segundo a diretoria da unidade, é a demora para o credenciamento do serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 Os vereadores se comprometeram em verificar entraves que impedem o credenciamento, para que os leitos sejam logo utilizados por pacientes de baixa renda, através do SUS.

“A Câmara Municipal de Mossoró é absolutamente favorável que esse credenciamento ocorra o mais rápido possível, haja vista a grande necessidade por UTI em Mossoró, que não se pode dar o luxo de ter 20 leitos subaproveitados dessa forma”, diz a presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB).

O vereador Ozaniel Mesquita (PR) lamentou a situação. “Se no Hospital São Luiz não há um único paciente internado na UTI, com certeza, neste momento, há pacientes esperando um leito no Hospital Regional Tarcísio Maia. É um absurdo. Vamos continuar cobrando o credenciamento o mais rápido possível”, assinala.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Oposição em Mossoró garante que permanece com sete vereadores

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

(Foto: cedida)
A bancada de oposição da Câmara Municipal de Mossoró esteve reunida na tarde de hoje (07). 

Almoçaram juntos, os sete vereadores que compõem o grupo, e reiteraram que seguem todos o trabalho de oposição à gestão Rosalba Ciarlini.

Nos últimos dias, cresceram as especulações de que o grupo poderia ser reduzido. A prefeita estaria buscando apoio do vereador Ozaniel Mesquita (PR). Já Rondinelli Carlos estaria cotado para ocupar o comando da Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos, tendo recebido convite diretamente da própria Rosalba, em sua residência.

O G7 destacou também que não concorda com o adiamento da volta dos trabalhos na casa legislativa.

Viagem de Rosalba Ciarlini adia volta do recesso na Câmara de Mossoró

Anúncio foi feito durante transmissão de cargo para
a vice-prefeita Nayara Gadelha
(Foto: Edilberto Barros)
A Câmara Municipal de Mossoró fará abertura do ano legislativo 2018, próximo dia 28, às 16h, com a leitura da mensagem anual da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A data foi decidida para permitir a leitura pela titular do Executivo, que retornará de férias dia 27.

A presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB), informou que o líder da bancada da situação, vereador Alex Moacir (MDB), solicitou, em ofício, o adiamento do início do ano legislativo, do dia 20 para o dia 28, o que foi deferido pela Presidência.

Em atividade

Pelo Regimento Interno da Câmara Municipal de Mossoró, a primeira sessão do ano deve ocorrer na primeira terça-feira após o dia 15 de fevereiro, que este ano será dia 20. O adiamento decidido hoje, portanto, será de uma semana.

“Vale salientar que a Câmara não está sem atividades. Os vereadores continuam atuando nos seus mandatos, os gabinetes abertos, a estrutura da Casa em pleno funcionamento, acessível à população. O recesso se resume ao plenário”, explica Izabel.

*Com informações da Assessoria de Comunicação 

Prefeitura esconde notícias de grande relevância


Informações importantes como exoneração de secretário e nomeação de secretário viraram “atos quase secretos” na gestão Rosalba Ciarlini (PP).

Não são divulgados sequer no portal da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Se ninguém ler os registros legais dos atos administrativos no Jornal Oficial do Município (JOM), tudo passa despercebido.

Imagine questões relativas a aditivos de contratos, licitações, decisões sobre vantagens funcionais, dispensa de licitações etc.

Isso é incrível!

Vá entender!

Nota do Blog Carol Ribeiro - O Jornal Oficial de Mossoró com data desta terça-feira (06), publicou nomeação de Erbênia Maria de Oliveira Rosado. Ela assume a secretaria de Administração e Finanças em lugar de Ronaldo Cruz, que pediu exoneração da pasta.

Na semana passada, a titular da pasta de Agricultura e Recursos Hídricos do Município, Anne Katherine, pediu exoneração, mas nenhuma informação foi dada oficialmente sobre sua saída, tampouco sobre o possível substituto.

Por enquanto, a pasta fica sob comando do secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Lahyre Rosado Neto.

Secretário de Rosalba é pré-candidato ao Governo do Estado

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018


Secretário de Segurança da Prefeitura Municipal de Mossoró e ex-secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED), ambos em gestões Rosalba Ciarlini (PP), o general general Eliéser Girão Monteiro Filho (sem partido) é pré-candidato a governador do RN.

Nas redes sociais e em programações políticas que empreende desde o ano passado, ele faz parte de articulação em prol da postulação do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) à Presidência da República.

Seu nome já é exaltado por militantes desse movimento como pretenso candidato ao governo estadual.


Nota do Blog Carol Ribeiro - Prestes a assumir o PSL, o General participou do programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró (TCM), no último dia 11 de janeiro. Defendeu a "retomada da governabilidade"e o nome de Jair Bolsonaro à Presidência da República.

"Ele é um candidato ficha limpa em primeiro lugar. Segundo, é um cara que caso vença pode mostrar para o país que princípios e valores precisam existir para a sociedade", afirmou.

Sobre as denúncias de enriquecimento de Bolsonaro e família durante a vida pública, ele disse: "o órgão da mídia que divulgou a denúncia tem envolvimento forte com o Foro de São Paulo, e nós somos altamente ferrenhos contra o Foro, que tem objetivo escusos, e os que participam do Foro como Venezuala e Cuba são regimes que não tenho como exemplo e não quero para o Brasil".

Veja trecho da entrevista: 

 Programa Cenário Político (TCM) exibido em 11/01/2018

Para ver a entrevista completa, clique aqui.

Governo do RN admite que atrasos salariais devem continuar

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

(Foto: Divulgação/ADUERN)
Segmentos da universidade, o reitor da UERN, Pedro Fernandes, e classe política foram recebidos, na manhã de hoje (05) por membros do Governo do Estado, em Natal. 

Entidades que representam os docentes e técnicos da Universidade lembraram a situação dos servidores, que até o momento ainda não receberam os salários de dezembro/2017, janeiro/2018 e o 13º referente ao ano passado. 

O reitor da UERN, Pedro Fernandes, cobrou informações acerca da federalização da universidade. 

O secretário estadual de Administração, Cristiano Feitosa, e o Controlador Alexandre Azevedo negaram que a UERN será federalizada e disseram que a informação foi utilizada de maneira equivocada pela mídia local. A chefa de gabinete, Tatiane Mendes, reiterou que o assunto nunca foi debatido pela cúpula do Governo.

Atrasos salariais

Sobre os atrasos salariais, Tatiana foi incisiva em afirmar que não houve nenhuma alteração no quadro financeiro. Ela destacou que os atrasos continuarão pelos próximos meses e o pagamento seguirá sendo feito através das faixas salariais (como já vem sendo feito desde 2016).

“Não tenho muito a oferecer, nem nada a apresentar de novo. Vamos ter que aguardar um pouco mais para encontrar uma solução conjunta para essa crise”, afirmou.

Sobre o pagamento do 13º salário, Tatiana explicou que estão sendo feitas negociações com os bancos para que os servidores façam um empréstimo consignado, que será pago integralmente aos servidores e servidoras e quitado junto aos bancos pelo Governo em parcelas.

Greve

Diante do resultado da audiência, em que não foram apresentadas propostas para os pontos discutidos, a Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) informa que o movimento grevista seguirá intensificando a luta contra a retirada de direitos. 

O Governador Robinson Faria não esteve presente na audiência.

Câmara de Mossoró cancela sessão extraordinária

(Foto: redes sociais)
A sessão extraordinária que chegou a ser cogitada para acontecer amanhã (06) na Câmara Municipal de Mossoró, não será mais realizada.

A sessão iria acontecer para autorização de ausência da prefeita da cidade por mais de 15 dias. 

No entanto, após uma consulta ao Regimento Interno, os vereadores tomaram conhecimento de que, durante o recesso, essa decisão pode ser tomada pela Comissão Representativa, que permanece na casa legislativa durante o período.

A Comissão Representativa é formada pela presidente Izabel Montenegro (PMDB), e os vereadores Manoel Bezerra (PRTB) e Genilson Alves (PMN).

Amanhã, a comissão deve se reunir para emitir ato autorizando a viagem da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

A viagem, de férias ao exterior, deve acontecer entre 08 e 27 de fevereiro. Em seu lugar ficará a vice-prefeita Nayara Gadelha (PP).

Sarney Filho promete novamente edição de decreto para valorização do sal potiguar

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Classe produtiva do sal potiguar com o Ministro
do Meio Ambiente (Foto: cedida)
A classe produtiva de Mossoró espera ainda para fevereiro a edição do Decreto presidencial reconhecendo a Indústria Salineira Norte-riograndense como de utilidade pública e de interesse social.

Foi o que se conversou com o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, durante evento realizado na cidade de Trizidela do Vale, no Maranhão.

Durante a reunião com empresários mossoroenses, Sarney Filho comentou a possibilidade que o Decreto seja editado na semana após o carnaval.

Após o encontro, ficou acertado a entrega de documentos a respeito do assunto para ampliar as informações a respeito da indústria salineira.

Participaram da reunião o presidente do Sindicato da Indústria de Moagem e Refino de Sal do RN (SIMORSAL), Renato Fernandes, o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Sal (SIESAL), Airton Torres e o diretor da CIMSAL, José Ney. A conversa também teve a participação do prefeito de Trizidela do Vale, Charles Frederick Maia Fernandes, que é potiguar. 

Prefeitura de Mossoró anuncia pagamento de vantagens adicionais

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

A Prefeitura de Mossoró efetuou nesta quinta-feira (01) os valores correspondentes às vantagens adicionais como terço de férias, gratificações e plantões da saúde.

Os valores foram creditados hoje. Isso ocorreu em função do desbloqueio dos repasses do FPM, através de determinação judicial. Já o pagamento do décimo terceiro deverá ser anunciado para os próximos dias. 

Conforme determinação da prefeita, os salários de janeiro foram pagos integralmente neste dia 31, dentro do mês, seguindo o cronograma iniciado pela atual gestão.

*Com informações da SECOM/RN

Desembargador Claudio Santos e Tião Couto são os convidados do Conversa de Alpendre desta quinta-feira

Chegando ao final da temporada 2018, o programa Conversa de Alpendre dá voz a parte do grupo de empresários que se articula para as eleições que se aproximam. 

O desembargador Claudio Santos é um dos convidados desta edição. 

Conhecido em Mossoró pela polêmica sugestão de privatização da UERN em 2016 e por declarar apoio a devolução das sobras do Tribunal de Justiça ao Governo do RN, o magistrado fala sobre gestão pública e a formação de um grupo empresarial com vistas às eleições.

Já o empresário Tião Couto conversa sobre a busca por um partido e a escolha por um cargo eletivo para disputar no pleito.

O Conversa de Alpendre é apresentado pelos jornalistas Bruno Barreto, Carol Ribeiro e Vonúvio Praxedes. Vai ao ar às 20h30 nesta quinta-feira (01).

Pode ser acompanhado pelo Canal 10 da TV Cabo Mossoró (TCM), no endereço tcm10hd.com.br ou pelo aplicativo TCM Play (IOS e Android).
Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
CAROL RIBEIRO RECOMENDA