sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Caixa e Prefeitura de Mossoró divergem sobre FGTS; Prazo dado pelo Município não deverá ser cumprido

Compartilhar
(Imagem: web)
Num processo datado de 2003, para o pagamento do FGTS de servidores que trabalharam para a Prefeitura de Mossoró entre 1977 e 1991, os trabalhadores terão que, mais uma vez, esperar um novo prazo.

De acordo com informações obtidas pelo Blog, o prazo de pagamento de 30 de dezembro, garantido pela Prefeitura, não será cumprido.    

Apesar da Procuradora Geral do Município, Karina Ferreira, informar ao Blog que 2.551 servidores devem receber o direito, porque todas as informações individualizadas foram repassadas para a Caixa Econômica Federal, a instituição financeira não confirma a informação.

O gerente geral do banco, Julierme Torres, afirma que a Prefeitura enviou uma parte dos valores individualizados, mas não todos. E que não há um prazo certo para que os servidores recebam o FGTS.

"O que ficou acordado, pacificado, entre a Caixa, município e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDISERPUM), é que quando o processo de individualização tiver finalizado, a Caixa vai organizar um cronograma de pagamento. Faremos o credito em conta e organizar uma estrutura de atendimento para casos específicos em que não possa haver o crédito. Só vamos iniciar quando estivermos com tudo fechado para evitar problemas", afirma Julierme.

Leia mais: