quinta-feira, 21 de março de 2019

Vereadores governistas de Mossoró elevam popularidade de sindicalista

Compartilhar
Arte em apoio à Marleide foi divulgada
através do whatsapp (Imagem: Fernando Nícolas)
Desde ontem, quando foi aprovado o título de "persona non grata" à presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDISERPUM), Marleide Cunha, os apoios à sindicalista ultrapassaram os limites do sindicato e alcançou boa parcela da sociedade.

No facebook e no twitter, as hashtags #EuNaotrocoUmaMarleidepor14VereadoresTrairas, #SomosTodosMarleide e #SouMarleideCunha mobilizaram usuários.

Entidades e políticos emitiram notas de apoio: o SINDSAÚDE, a Associação de Praças da Polícia Militar (APRAM), o Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, a Diretoria Regional de Educação e Cultura (DIREC), o Sindicato da Educação do RN (SINTE), Centro Feminista 8 de Março, PT Mossoró, senador Jean Paul-Prates, ex-vereador Genivan Vale, além da deputada estadual Isolda Dantas, que falou sobre o assunto na sessão de hoje na Assembleia Legislativa.

O movimento grevista permanece fortalecido, com apoio dos professores da rede municipal.

Nota do Blog - Na tentativa de desmoralizar a sindicalista, os vereadores governistas, além de reduzirem a Câmara Municipal, conseguiram alavancar a imagem de Marleide e dar a ela uma posição de destaque na oposição mossoroense, inclusive abrindo caminho para a disputa eleitoral do próximo ano. 

Fotografia emblemática de Marleide sendo ovacionada por servidores
mostra repercussão positiva à sindicalista (Foto: Caio César Muniz)