Falta de repasses à PREVI pela Prefeitura já chega a R$ 25 mi

Elviro Rebouças concedeu entrevista nesta sexta-feira à TCM
(Foto: arquivo)
"Tenho cobrado insistentemente. Não me sinto confortável em presidir o PREVI com essa situação". Quem disse isso foi Elviro Rebouças, presidente do Instituto de Previdência de Mossoró (PREVI), em participação no programa Cenário Político (TCM Telecom) desta sexta-feira (27).

O economista afirmou que a Prefeitura de Mossoró continua acumulando, desde a gestão anterior, dívida referente à cota patronal de repasses aos Instituto de Previdência do Município e a dívida já passa de R$ 25 milhões.

Segundo Elviro, a crise econômica é a justificativa para o problema. "A folha de pagamento vem sorvendo todo o recurso da municipalidade", disse.

Nota do Blog - Depois de tecer elogios à prefeita, o entrevistado informou que Rosalba garante que no próximo dia 30, com repasses da cessão onerosa ao município, deverá repassar o valor para a PREVI. No entanto, os cerca de R$ 5 milhões que o município tem a receber só quita um quinto da dívida.

CAROL RIBEIRO RECOMENDA