Lockdown do RN aumenta taxa de isolamento

O lockdown do RN, chamado de Pacto pela Vida pelo Governo, conseguiu aumentar a taxa de isolamento social de 42,1%, dos últimos 15 dias, para 49,6%.

Quem garante o número é o Governo do Estado. As ações do Pacto pela Vida foram iniciadas na última quinta-feira (04), em uma parceria do Governo do Rio Grande do Norte com 75 municípios.

Apesar disto, a rede de saúde no Estado continua em colapso. Em Natal, Grande Natal e em Pau dos Ferros, a ocupação é de 100%. Na região Oeste 97,8% e no Seridó, 66,7%.

Lockdown e Pacto pela Vida

Na semana passada a governadora Fátima Bezerra clamou aos municípios pedido de socorro para a missão de fazer cumprir as medidas de restrição determinadas nos decretos governamentais.

Desde março, de um lado, a população vem ignorando as restrições para o isolamento social, e de outro, o Governo não consegue implementar uma fiscalização eficiente, que garanta manter as pessoas em casa.

A saída foi publicar o novo decreto, que saiu no Diário Oficial do Estado de quinta-feira, endurecendo as medidas de restrição tal qual um lockdown. O decreto, aliado à ajuda dos municípios, são o que o Governo decidiu denominar "Pacto pela Vida".

(Foto: Adriano Abreu/ TN)

Não chamar de lockdown é a forma mais fácil de evitar a pressão da classe empresarial, que não concorda com as medidas duras. 

Fato é que o Governo não tem conseguido evitar o colapso na rede de saúde e - como consequência - nem garantir retomada econômica.

Parte da população exige medidas rígidas de isolamento, outra parte não. Com ou sem medida, se não houver efetivação de fiscalização e do isolamento, a doença continuará a avançar no RN, a economia continuará em baixa, e a governadora amargará o desgaste que já começa a ver em sua gestão.

Marcadores

Mostrar mais

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA