Professores suspendem aulas remotas

Do Diário Político

O Sindiserpum, que representa os servidores do município de Mossoró, diz que com mais de R$ 5 milhões do Fundeb retidos em caixa, a Prefeitura Municipal de Mossoró não pagou até esta sexta-feira (05/06), quinto dia útil do mês, a totalidade do salário dos professores da rede pública de ensino.

(Imagem: Sindiserpum)

Por meio de assembleia virtual na manhã desta segunda-feira, 08/06, os servidores da educação decidiram suspender as aulas por causa do atraso registrado no salário de maio. Além disso reclamam que “estão utilizando seus próprios equipamentos, internet própria, expondo os seus lares, na tentativa de dar continuidade ao ano letivo. Por parte da Prefeitura, além de não oferecer qualquer recurso para este fim, ainda está atrasando os salários dos professores, mesmo com recursos disponíveis”, diz nota publicada semana passada no site do sindicato.

Outro lado

A Secretaria de Educação de Mossoró informa que não recebeu comunicado ainda sobre suspensão das aulas virtuais na rede municipal de ensino após resultado de assembleia remota pelo sindicato. O Município acredita que não deve ocorrer paralisação em função da adesão da maioria dos professores ao movimento.

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA