Estudantes promovem ato contra nomeação de reitora

Aula pública reuniu comunidade acadêmica em protesto
(Foto: Maitê Ferreira)

Na manhã de hoje (31) estudantes da UFERSA, UERN e IFRN realizaram um protesto com uma aula pública contra a nomeação da terceira colocada na consulta acadêmica para a reitoria da UFERSA. Segundo os estudantes, a nomeação contrariou o resultado das eleições e, portanto, a intitulam como um golpe e uma intervenção política na instituição, "a exemplo do que ocorreu no IFRN". 


"As intervenções nas instituições de ensino federal estão rendendo situações de repressão e perseguição política nos estudantes. No dia 11 de agosto de 2020, a Polícia Militar chegou a agredir e intimidar estudantes do IFRN que protestavam contra o diretor da instituição.  E na sexta 28/08 a diretora do Diretório Central dos Estudantes da UFERSA foi intimada pela Polícia Federal após ser denunciada pela nova reitora da UFERSA por calúnia, difamação e formação de quadrilha - em virtude de áudios no WhatsApp em que a dirigente estudantil denunciava a intervenção", diz publicação dos alunos à imprensa.


Veja abaixo mais fotos do movimento:

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA