Prefeitura presta contas de compras de insulinas

Apesar das constantes faltas do medicamento e insumos durante a gestão de Rosalba Ciarlini, a Prefeitura de Mossoró presta contas da compra de insulinas durante os três anos e meio e informa que investiu R$ 6.879.932,71 na compra de 103.537 unidades de insulinas de alto custo Tresiba e Novorapid para distribuição gratuita aos mossoroenses diabéticos cadastrados no Município.


Os investimentos foram realizados desde o ano de 2017 até o atual mês de julho, de acordo com informações da Farmácia Central da Saúde. 


(Foto: PMM)

A gestão garante que a cidade está entre as primeiras, se não for a única, do Rio Grande do Norte a disponibilizar os medicamentos aos seus munícipes, "mesmo não sendo uma obrigação constitucional". Em uma das justificativas para a instabilidade do fornecimento das insulinas, feita ainda em 2018, o município alegou atrasos causados pelos trâmites burocrático (veja em link anexado abaixo). 


Segundo a Prefeitura, a quantidade geral de compras de insulinas Tresiba foi 67.403 e Novorapid 36.134, de 2017 a julho de 2020. O total investido: R$ 6.879.932,71.


2017


Tresiba: 6.000

Novorapid: 5.700

Total investido: R$ 684.765


2018


Tresiba: 20.350

Novorapid: 9.999

Total investido: R$ 2.031.790,20


2019


Tresiba: 21.036

Novorapid: 9.945

Total investido: R$ 2.109.755,24


2020 (Janeiro a Julho)


Tresiba: 20.017

Novorapid: 10.490

Total investido: R$ 2.053.622,27


Dados municipais mostram que atualmente são cerca de mil diabéticos cadastrados na Secretaria de Saúde que recebem além das insulinas, orientações de alimentação saudável e também atendimento médico aos que procuram as Unidades Básicas de Saúde.


Leia mais:

Prefeitura sugere que pacientes busquem a II Ursap para buscar insulinas

Volta a faltar insulinas e insumos na Secretaria de Saúde 

Diabéticos entram em desespero com falta de insulina 

Prefeitura de Mossoró justifica falta de insulinas 

Insulinas em Mossoró devem ser reabastecidas até próxima semana, promete Prefeitura 

Prefeitura anuncia chegada de insulinas, mas lote ainda não é suficiente para demanda 

Prefeitura frustra atendimento com insulinas 

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA