Região Nordeste tem a gasolina mais cara do país; preço do etanol é maior no RN

 De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a Região Nordeste manteve alta nos preços, e, mais uma vez, registrou a gasolina mais cara do País. Os postos da região apresentaram média de preço de R$ 4,501 e crescimento de 2,41% na comparação com julho.


O Estado que liderou, com o valor mais alto, foi o Piauí, com a gasolina sendo encontrada a R$ 4,670 e registrando aumento de 3,3% frente ao mês anterior. A gasolina mais barata foi encontrada na Paraíba, onde o valor nas bombas chegou a R$ 4,273. Todos os Estados da Região Nordeste apresentaram aumento na comparação com o mês de julho. O crescimento dos preços na região chegou a 2,41%.


(Imagem: divulgação)


“Desde a retomada das atividades em algumas regiões do País, a gasolina vem apresentando um comportamento de alta nos preços. Ainda assim, pelo levantamento, é possível notar que no Nordeste o combustível foi o mais vantajoso na maioria dos Estados. O etanol foi a opção mais econômica para o consumidor apenas na Bahia e na Paraíba”, pontua Douglas Pina, head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.


O etanol mais caro encontrado na região foi no Rio Grande do Norte, registrando média de R$ 3,757 e o menor valor ficou com a Paraíba, com preço que chegou a R$ 3,149. O Estado, inclusive, apresentou queda no valor do combustível, ficando 2,2% mais barato do que em julho.


O diesel mais caro da região foi encontrado no Piauí a R$ 3,669, com crescimento de 3%, na comparação com julho, e o diesel S-10 mais caro ficou com Alagoas, sendo vendido a R$ 3,701 e sofrendo aumento de 3,9%.


O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, marca de gestão de frotas, que administra 1 milhão de veículos ao todo, com uma média de oito transações por segundo.

Marcadores

Mostrar mais

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA