#TBT do Blog: Governo Robinson atravessa nova crise na segurança, atrasos de salários e trapalhadas

Compartilhar
Há quatro anos, em 2017, a política potiguar era movimentada por demissão de secretário de Segurança, expectativa de servidores com salários atrasados e o elitismo da primeira dama

Robinson Faria insistia no Ronda Cidadã: o programa já mostrava sua ineficácia e governador partia para o 4º secretário de Segurança em 2 anos e meio
O Blog Carol Ribeiro vai completar 5 anos de atuação no próximo mês de agosto. Durante esse tempo, muita coisa aconteceu e algumas já estão turvas na memória.

O #TBT do Blog tem a pretensão de relembrar fatos que viraram notícia aqui, em Mossoró, no RN e no Brasil

Robinson Faria (PSD), que foi eleito se auto intitulando "o governador da segurança", após a rebelião em Alcaçuz no início do ano de 2017 e a demissão do terceiro secretário de Segurança, vivia mais uma crise em meio ao aumento da violência e projetos fracassados:

O secretário do Governo do RN Caio Bezerra, responsável pela pasta mais usada no marketing da gestão de Robinson Faria - apesar da violência crescente - pediu agora há pouco exoneração do cargo.

De acordo com informações de bastidores, o anúncio deve acontecer ainda esta semana.

O gabinete de crise, ainda segundo Mineiro, deve contar com a participação de representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos demais níveis de governo, órgãos municipais e federais ligados à segurança pública e entidades da sociedade civil organizada.

Além da crise na Segurança, a rotina do governo já era de atrasos das folhas salariais dos servidores desde 2015. Em 19 de abril de 2017, o blog noticiava os pagamentos atrasados feitos pelo Governo do RN:

O Governo do RN segue o pagamento do funcionalismo nesta sexta-feira (21), quando deposita uma parcela de R$ 4 mil a todos os 22.131 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil.

Além da queda, o coice. Para defender Robinson das investigações da Lava Jato, Juliane Faria, secretária de Assistência Social no governo do marido, apela para o elitismo nas redes sociais:

A defesa, que Julianne chamou de desabafo, traz denúncia de esquemas de corrupção na secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social do RN e admite que é necessário ainda fazer "ajustes" na segurança e na saúde, mas que o governador "vem tentando".
Compartilhar
Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA
  • Que país insano
    Esse país está cada dia mais avacalhado, a partir de suas instituições de Estado. No Congresso Nacional, temos o senador Renan Calheiros (MDB-AL) ameaçando...
    Há 2 horas