Parceria do Governo do RN com empresa dinamarquesa assegura produção de energia limpa no mar

Compartilhar

Memorando de intenção foi assinado pela governadora Fátima Bezerra e pelos representantes do maior fundo de investimentos em energias renováveis do mundo

Foto: Elisa Elsie

O Governo do RN e a dinamarquesa Copenhagen Infrastructure Partners (CIP/COP) assinaram nesta sexta-feira (12) memorando para o desenvolvimento do projeto Alísios Potiguares, que prevê a geração de 1,8 gigawatts de energia eólica offshore e a produção de hidrogênio verde. A CIP/COP é o maior fundo de investimentos do mundo em projetos de energias renováveis e o Rio Grande do Norte tem as melhores condições do Brasil para a geração de energia eólica no mar, além da produção, armazenamento e exportação de hidrogênio verde, considerado o combustível do futuro. 

Também acompanharam a governadora na agenda da CIP/COP, o senador Jean Paul Prates; o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaime Calado; o diretor-geral do Idema Leon Aguiar; e o professor da UFRN Mário González, que faz parte de grupo de pesquisa ampla no Brasil e no mundo sobre os diversos tipos de energias renováveis. A ciência é fundamental no processo de transição energética, que envolve muita pesquisa, tecnologia e inovação. Além de informações fundamentais na área das energias renováveis, o professor participa de pesquisas que auxiliam nas questões ambientais.

NÚMEROS

O RN produz atualmente 6,1 GW de energia eólica

O consumo estadual é de 1,5 GW

O RN é exportador de energia limpa

A capacidade de produção de energia eólica no mar é de 140 GW, equivalentes a 10 hidrelétricas de Itaipu 

Vantagem competitiva

RN tem os melhores ventos para produção de energia eólica

Tem uma costa rasa, que reduz custos de instalação e produção

Tem os melhores incentivos fiscais para atrair investimentos

Tem mão de obra altamente qualificada pelas universidades públicas.

E a determinação da governadora Fátima Bezerra de priorizar a agenda das energias renováveis sob todos os aspectos

Custo estimado da energia termelétrica: R$ 1.700 MW

Custo estimado da energia eólica: R$ 300 MW

*Com informações da SECOM/Governo do RN

Compartilhar

0 comentários em "Parceria do Governo do RN com empresa dinamarquesa assegura produção de energia limpa no mar"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA