Justiça anula votos do PSC e atinge vereadores de Mossoró; parlamentar questiona decisão

Compartilhar

A medida alcança a chapa do PSC e, portanto, atinge os vereadores Lamarque Oliveira e Naldo Feitosa

(Fotomontagem: BB)

A decisão da juíza Giulliana Silveira de Souza, da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró, que cassou o registro da chapa do PSC local, argumenta  que o partido teria usado candidaturas femininas fictícias - as chamadas "laranjas".

A intenção seria burlar a cota de gênero de 30%.

A juíza anulou todos os votos do PSC e a cassação dos mandatos de Naldo Feitosa Lamarque Oliveira abrindo espaço para a recontagem dos votos possibilitando as posses dos suplentes Marrom Lanches (DC) e Tony Cabelos (PP).

Cabe recurso à decisão.

O outro lado

O vereador Lamarque se manifestou sobre a decisão.

Ele afirma que está confiante no restabelecimento da justiça. 

Segundo o parlamentar, "se as próprias candidatas reafirmaram a validade e efetividade de suas candidaturas e provaram isso com inúmeras provas da real participação no pleito, quem teria maior autoridade para dizer o contrário?". Veja abaixo:

(Imagem: reprodução)

*Com informações do Blog Saulo Vale e Blog Diário Político.

Compartilhar

0 comentários em "Justiça anula votos do PSC e atinge vereadores de Mossoró; parlamentar questiona decisão "

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA