Marleide Cunha cobra explicações para aditivo em obra da Prefeitura de Mossoró

Compartilhar

Segundo vereadora, foi publicado quase meio milhão para reforma já inaugurada

Foto: web

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (29), a vereadora Marleide Cunha (PT) pediu explicações à Prefeitura de Mossoró “para aditivo da reforma do Memorial da Resistência, no valor de quase meio milhão de reais de uma obra já concluída e inaugurada”.

A parlamentar informou assinatura de contrato em 2021, de quase R$ 977 mil, em 24 de junho daquele ano, para a reforma do Memorial da Resistência, na avenida Rio Branco. Um ano depois, em 1º de junho de 2022, segundo ela, a Prefeitura publicou aditivo, de R$ 433 mil, para mesma obra.

“Um aumento de 44% do valor original da obra. Precisamos de esclarecimentos. Quanto da obra foi feito até dezembro? Quanto foi feito de 2021 até agora? O memorial foi inaugurado antes do aditivo. O que não estava previsto para haver esse acréscimo?”, questionou.

Outros vereadores, como Pablo Aires (PSB) e Isaac da Casca (MDB), reforçaram a cobrança e defenderam convite ao secretário municipal de Infraestrutura, Rodrigo Lima, para explicar a situação à Câmara. Vereadores governistas, por outro lado, atestaram a lisura do ato.

Compartilhar

0 comentários em "Marleide Cunha cobra explicações para aditivo em obra da Prefeitura de Mossoró"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA