Prefeito fala sobre aditivo para obra do Memorial da Resistência

Compartilhar

De acordo com o prefeito, a elaboração do projeto e a licitação aconteceram em 2020 e tinha algumas falhas

Obras do Corredor Cultural, incluindo o Memorial da Resistência, foram inauguradas no dia 2 de junho, um dia após publicação do aditivo no JOM (Foto: assessoria de imprensa)

Em contato rápido com o Blog Carol Ribeiro, o prefeito Allyson Bezerra (SDD) explica o motivo do aditivo contratual publicado no JOM da terça-feira (28), e questionado por vereadores na sessão plenária desta quarta (29).

De acordo com o prefeito, a elaboração do projeto e a licitação aconteceram em 2020 e tinha algumas falhas. Portanto, o aditivo foi solicitado no meio da obra, embora ele não tenha precisado a data certa.

O trâmite seguinte, segundo ele, "é só burocracia normal".

O chefe do Executivo Municipal citou ainda que a mesma situação não aconteceu em relação à Estação das Artes, porque a reforma da Estação foi toda pensada e projetada pela atual gestão.

Compartilhar

0 comentários em "Prefeito fala sobre aditivo para obra do Memorial da Resistência"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA