Ordem para coligação do PP de Beto Rosado com o Solidariedade pode reeditar "voto camarão" no RN

Compartilhar

Mesmo com a "ordem", Beto avisa que o apoio vai se restringir à campanha de Rogério Marinho ao Senado

(Foto: Progressistas)

O PP de Beto Rosado vai se coligar com o Solidariedade.

De acordo com o deputado federal, a orientação para o apoio partiu da Executiva Nacional, para levar o tempo de rádio e TV para o PL, que é alinhado com o Progressistas. As informações foram repassadas ao Blog Saulo Vale.

Mesmo com a "ordem", Beto avisa que o apoio vai se restringir à campanha de Rogério Marinho ao Senado, e que não vai apoiar nenhum nome ao Governo.

Muito menos o do pré-candidato Fábio Dantas, do Solidariedade, aliado do PL nesta campanha.

Há cerca de dois meses Beto disse em entrevista que não havia "razão para apoiar Fábio Dantas". O Solidariedade, partido do prefeito Allyson Bezerra, é oposição dos Rosados em Mossoró e derrotou Rosalba nas últimas eleições municipais (2020).

Beto terá que seguir a ordem a contragosto. E ainda deverá estimular entre seus eleitores a reedição do "voto camarão": o voto somente numa parte da chapa - no caso Rogério Marinho ao Senado - deixando de lado a cabeça - Fábio Dantas.

*O "voto camarão" - escolha pelo eleitor de governador e senador de chapas diferentes, foi lançada pelo então deputado federal Vingt Rosado (PDS) em 1982. 

*Com informações do Blog Saulo Vale, Rosalie Arruda e Blog Carol Ribeiro.

Compartilhar

0 comentários em "Ordem para coligação do PP de Beto Rosado com o Solidariedade pode reeditar "voto camarão" no RN"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA