Nepotimo: Prefeitura de Mossoró exonera secretário Executivo de Infraestrutura

sexta-feira, 24 de março de 2017

Acatando a recomendação do Ministério Público Estadual, a prefeita Rosalba Ciarlini exonerou Yuri Tasso Duarte Queiroz Pinto, que ocupava a Secretaria Executiva de Infraestrutura e Projetos.

A recomendação foi assinada pelo promotor de Justiça Fábio Thé. Ele entendeu que a nomeação de Yuri Tasso e, de sua esposa, Kátia Pinto, para cargos de subordinação hierárquica entre eles, se classifica como nepotismo. 

A exoneração foi publicana no Jornal Oficial de Mossoró 399-A, na ultima quarta-feira (22).

Essa é a segunda exoneração de secretários da atual gestão. A primeira foi do filho de Rosalba, Eduardo Ciarlini, que ocupava o cargo de chefe de Gabinete Civil (veja aqui).

O MPE/RN continua avaliando outros supostos casos de nepotismo na Prefeitura de Mossoró.

Prefeitura confirma doação de terreno para nova sede da Câmara de Mossoró

quinta-feira, 23 de março de 2017

A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) deverá ter finalmente sua sede própria. Os vereadores devem se mudar para o bairro Nova Betânia.  

A prefeita Rosalba Ciarlini acaba de confirmar, em sessão solene na CMM, a doação do terreno para construção da nova sede do Poder Legislativo de Mossoró. O terreno, segundo informações da gestora, fica ao lado da sede da Polícia Federal.

Sem entrar em mais detalhes sobre valores ou dimensões, Rosalba diz que a iniciativa ainda deve passar pela análise e aprovação dos vereadores.

Terreno que pode ser doado à CMM fica adjacente à Polícia Federal (Imagem: Google Street View)

Câmara Itinerante

A CMM já funcionou ao lado da Capela de São Vicente, também no terceiro andar  do antigo Cine Pax e ainda em um imóvel à Rua 30 de setembro, entre outros endereços.

Funciona hoje na Rua Idalino de Oliveira, no Centro, desde o início dos anos 90, na gestão de Vicente Rêgo.

O aluguel paga mensalmente é R$ 28.076,00 e o prédio passa por problemas estruturais. Os vereadores e a presidente Izabel de Montenegro elegeram como prioridade solucionar a questão nessa legislatura.

Veja como votou a bancada federal do RN sobre lei das terceirizações

Deputado mossoroense faltou à decisiva sessão
(Foto: Gustavo Lima/ Agência Câmara)

A bancada do Rio Grande do Norte se dividiu em relação a lei que ampliou as terceirizações no Brasil. Três deputados federais votaram a favor, outros três foram contra, um se absteve e o representante de Mossoró, Beto Rosado (PP), levou falta.

Confira como cada parlamentar se posicionou:
 
Beto Rosado (PP) - Faltou
Antônio Jácome (PTN) - Se absteve
Walter Alves (PMDB) - Contra
Fábio Faria (PSD) - A favor
Zenaide Maia (PR) - Contra
Felipe Maia (DEM) - A favor
Rogério Marinho (PSDB) - A favor
Rafael Motta (PSB) - Contra

Câmara de Mossoró quer soluções para o setor salineiro da região

(Foto: Edilberto Barros)
A Câmara Municipal de Mossoró debaterá dificuldades e apontará soluções para o setor salineiro, em audiência pública. O plenário aprovou requerimento nesse sentido, nesta quarta-feira (22), de autoria da vereadora Sandra Rosado (PSB). A data da reunião será marcada nos próximos dias.

O debate, segundo Sandra, avaliará o segmento e indicará prioridades, a fim de embasar articulações em Natal e Brasília.

A intenção é cobrar, principalmente da bancada federal do Rio Grande do Norte, ações em favor do setor salineiro. “É o caso de medidas que agreguem valor ao sal na origem da produção, no nosso Estado, e não no Centro-Sul, como ocorre, além da concorrência predatória do sal do Chile”, exemplifica.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Pedro Fernandes e Fátima Raquel são eleitos reitor e vice da UERN

(Foto: Divulgação)
Os candidatos Pedro Fernandes e Fátima Raquel foram eleitos pela Comunidade Acadêmica – Professores, Estudantes e Técnicos – como Reitor e Vice-reitora da UERN para o mandato de 2017/2021.

A Comissão Eleitoral apurou 91% das urnas da eleição para Reitor(a) e Vice-Reitor(a) até as 0h20 desta quinta-feira (23). 

A apuração de 9% das urnas restantes será finalizada no período da tarde, às 14h, no Auditório da FAFIC. Não foram apuradas duas urnas de Caicó e duas de Assú – essas urnas não foram entregues oficialmente à Comissão Eleitoral.

Com 63,4% dos votos válidos, Pedro Fernandes foi reeleito Reitor da UERN, já Telma Gurgel obteve 36,6% dos votos. Na disputa para o cargo de Vice-Reitor(a), Fátima Raquel obteve 59,3% dos votos válidos, William Coelho ficou com 35,1% e Ivanaldo Gaudêncio com 5,2%.

Com o quadro irreversível, Pedro Fernandes falou sobre a vitória. “Tivemos a participação dos três segmentos. Agradecemos a todos os professores, técnicos administrativos e alunos que foram votar. Um reconhecimento à Comissão Eleitoral por encarar esse trabalho tão importante. A partir de agora, a Universidade deve se unir”, afirmou Pedro Fernandes.

O percentual de 91% das urnas apuradas contabilizou 5.175 participantes – entre docentes, estudantes e técnicos administrativos, de um total de 11.236 aptos a votarem. Essa participação equivale a 45,95% do universo de eleitores da UERN, a abstenção foi de 54,05%.

O resultado final da eleição será oficializado pela Comissão Eleitoral na tarde desta quinta-feira (23), com a totalização da apuração.

*Com informações da AGECOM/UERN

Professores, técnicos e alunos da UERN vão às urnas escolher reitor

quarta-feira, 22 de março de 2017

Nesta quarta-feira, dia 22 de março, será realizada a eleição para Reitor(a) e Vice-Reitor(a) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A votação indicará os nomes que irão compor a Lista Tríplice que será entregue ao governador Robinson Faria – chanceler da UERN – a quem cabe nomear o (a) Reitor (a) e Vice-Reitor (a) da UERN, com mandato de quatro anos – 2017/2021.

Ao todo estão aptos a votar 11.219 eleitores, sendo 894 docentes, 654 técnicos e 9.671 estudantes. Uma das novidades é a conquista da Paridade pelos três segmentos. A partir da eleição deste ano, o peso dos votos será o mesmo para estudantes, professores e técnicos. Para a votação, os eleitores precisam levar documento oficial de identificação com foto.

(Montagem: RN Mais)
Disputam o cargo de Reitor(a): Telma Gurgel da Silva e Pedro Fernandes Ribeiro Neto. Para o cargo de Vice-reitor(a) concorrem: Fátima Raquel Rosado Morais, Ivanaldo Gaudêncio e William Coelho de Oliveira.

Serão utilizadas 44 mesas/urnas receptoras/apuradoras espalhadas nas cidades onde a UERN possui Campus: Mossoró, Natal, Caicó, Pau dos Ferros, Assu e Patu. Em Mossoró, os professores lotados no Campus Central votam no auditório da FAFIC e os técnicos do Campus Central votam na Biblioteca. Além do Campus Central, haverá urnas na Faculdade de Enfermagem (FAEN) – para professores da FAEN e da Faculdade de Ciências da Saúde (FACS); técnicos da FAEN, FACS, Reitoria, Epílogo de Campos e Prática Jurídica; e estudantes do curso de Enfermagem. Todas as faculdades possuem urnas para alunos. Também haverá urnas nos Núcleos Avançados de: Macau, Alexandria, Santa Cruz, Umarizal, Caraúbas, Nova Cruz, João Câmara, São Miguel, Touros e Apodi.

A Comissão Eleitoral está instalada no Auditório da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC). A votação será realizada das 8h às 22h e a apuração geral será iniciada após as 22h, no Auditório da FAFIC.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Kadu Ciarini deixa Gabinete Civil da Prefeitura de Mossoró

terça-feira, 21 de março de 2017

O pai, Carlos Eduardo, a mãe, prefeita Rosalba,
 e o filho Kadu, que deixa a administração municipal
(Foto: Redes Sociais)
O secretário Carlos Eduardo Ciarlini, chefe do Gabinete Civil, justificando a necessidade de se dedicar a projetos profissionais na sua área de formação, anuncia o pedido de exoneração do cargo.

De acordo com ele, novas demandas profissionais surgiram recentemente e o fizeram analisar e decidir sobre a saída, considerando a impossibilidade de conciliar a Secretaria com a atividade profissional.

“É uma decisão complicada, mas que acredito ser a correta, tendo em vista que o Gabinete Civil requer dedicação exclusiva. Em função de recentes perspectivas profissionais, decido dar prosseguimento a minha carreira na publicidade e marketing, consciente que haverá uma substituta qualificada que continuará dando o suporte necessário à prefeita no Gabinete Civil”, afirmou.

A prefeita Rosalba Ciarlini recebeu o pedido e disse que lamenta a decisão, mas se mostra compreensiva com a situação.

A servidora Edna Paiva, atual ouvidora do Município, substituirá o secretário na Chefia de Gabinete Civil. 

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Robinson e Rosalba se desentendem publicamente sobre segurança

segunda-feira, 20 de março de 2017


Péssima notícia para Mossoró. O governador Robinson Faria (PSD) e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) estão com visões opostas sobre segurança pública.

Sábado durante o lançamento do “Ronda Cidadã” Robinson cobrou ações conjuntas entre Prefeitura de Mossoró na área de segurança. A prefeita disse que fechou as Bases Integradas Cidadãs (BICs) após pegar o microfone da mão do governador.

“A prefeita vai fazer o roteiro dela e o governador vai fazer o roteiro dele”, reagiu Robinson que defendeu que as ideias se somem.



Está claro que o governador quer de Rosalba o mesmo que recebeu de Francisco José Junior (PSD): a Prefeitura de Mossoró bancando a segurança. A prefeita e o marido dela Carlos Augusto Rosado sabem que essa parceria não foi politicamente vantajosa para o antecessor e não vão repetir o mesmo erro. Sem contar que na era das BICs a violência não parou de aumentar na cidade.

Por outro lado, o governador está certo quando cobra parcerias.

Mas o povo de Mossoró é que está perdendo com a essa falta de sintonia.

Nota do Blog - O desentendimento mostra a falta de sintonia entre o governador e a prefeita Rosalba Ciarlini. Um sinal de que a tão falada parceria administrativa entre ambos de fato deve não estar mais - se um dia existiu. 

Previdência estadual vai ser discutida pela Assembleia Legislativa do RN em audiência pública

(Foto: AL/RN)
A Assembleia Legislativa promove na próxima terça-feira (21) audiência pública para discutir o pacote de medidas econômicas e fiscais encaminhado pelo Governo do Estado ao Legislativo Estadual. O debate, proposto pelo deputado Fernando Mineiro (PT), acontece a partir das 15h30, no auditório da Casa Legislativa.

“Os projetos encaminhados pelo Executivo têm grande impacto na vida da população potiguar e de seus servidores públicos civis e militares. Por isso, é necessário que esta Casa realize profunda análise e discussão sobre seus conteúdos e impactos”, afirma o deputado.

Segundo o deputado, um dos assuntos que devem ser mais aprofundados é o projeto que propõe o aumento da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14% e a não devolução dos recursos do Fundo Previdenciário e, o outro, que limita pelos próximos 20 anos os gastos do Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos órgãos da Administração Direta e Indireta.

Foram convidados para o debate representantes do Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e do Poder Executivo; Gustavo Nogueira, secretário de Planejamento (Seplan); José Marlúcio, presidente do Ipern; Nereu Linhares, presidente do Conselho de Previdência do RN; e representantes dos Sindicatos dos Servidores do RN.

*Com informações da Assessoria de imprensa

Último debate entre candidatos a reitor da UERN acontece hoje em Mossoró

(Foto: ADUERN)
O último debate entre os candidatos à reitoria da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) vai ser realizado hoje, a partir das 18h30.

Os candidatos a vice-reitor, os professores William Coelho, Fátima Raquel e Ivanaldo Gaudêncio, debaterão às 18h30. Já às 19h30, será a vez dos candidatos a reitor, os professores Telma Gurgel e Pedro Fernandes, iniciarem o debate.  

A ADUERN já realizou debates nos campi da UERN nas cidades de Pau dos Ferros, Patu, Caicó, Assu e Natal. 

O debate de hoje aontece no Ginásio do Campus Central, em Mossoró. 

Liga de Combate ao Câncer de Mossoró paralisa atendimentos

quinta-feira, 16 de março de 2017

Mais de mil pacientes portadores de câncer ficam, a partir de hoje, prejudicados sem atendimento na Liga Mossoroense de estudos e Combate ao Câncer (LMECC). A entidade paralisou as atividades nesta quinta-feira (16) sem data para voltar.

De acordo com os funcionários, a Liga está há dois meses sem receber repasses por parte do Governo do Estado. O montante chega a R$ 1.300.000,00.

Toda a equipe de 160 funcionários da saúde estão parados, entre médicos enfermeiros e auxiliares.

O Governo ainda não se posicionou sobre o problema.

A LMECC enviou nota de esclarecimento:


Governador divulga agenda do próximo sábado para Mossoró

Está confirmada a agenda do governador Robinson Faria no próximo sábado em Mossoró. O gestor deverá passar toda a manhã no município. Confira:

Sábado (18/09/2017)

10h - Visita e entrega de donativos ao abrigo Amantino Câmara;
11h - Lançamento do Programa Ronda Cidadã em Mossoró; 
12h - Almoço do lançamento do novo prédio do restaurante popular em Mossoró;

No dia anterior, Robinson visita os municípios de São Miguel e Pau dos Ferros.


Despesas da Fundação Aldenor Nogueira são aprovadas após discussão entre vereadoras de Mossoró

quarta-feira, 15 de março de 2017

(Foto: Carol Ribeiro)
Foi dada a largada às discussões acaloradas da Câmara Municipal de Mossoró (CMM) nessa legislatura. Na sessão ordinária de ontem (14), as vereadoras Izabel Montenegro e Isolda Dantas se confrontaram a respeito do Quadro Demonstrativo de Despesas (QDD) da Fundação Aldenor Nogueira, apresentado pela presidente da casa.

Os vereadores da oposição, liderados por Isolda, questionaram o conteúdo do projeto. Os ânimos se alteraram e os oposicionistas só votaram após a leitura do projeto em plenário.

O QDD da Fundação foi aprovado por unanimidade ao final da sessão.

Fundação Aldenor Nogueira

Segundo a vereadora Izabel Montenegro, a aprovação do QDD é necessária para que se realize a licitação da empresa que deverá fazer a programação da TV Câmara voltar a funcionar.

Izabel informa ainda que a despesa prevista para a Fundação é a mesma do ano passado: R$ 600 mil por ano.

Além da TV Câmara, a organização poderá também se tornar responsável por eventos como a Câmara Cultural, Câmara Empreendedora e Cidadã.

Servidores da educação discutem reforma da Previdência do RN e atraso de salários com Robinson Faria

(Foto: SINTE/RN)
O Fórum Estadual dos Servidores se reuniu com o governador Robinson Faria nessa segunda-feira (13/03) . Em pauta os recorrentes atrasos de salários, a apresentação de um calendário de pagamento, bem como a Reforma da Previdência do RN.

O governador ouviu os pleitos dos trabalhadores, contudo, não deu respostas. Prometeu fazer uma análise e em seguida convocar nova audiência com o Fórum. 

Paralisação

Nesta quarta-feira (15), o SINTE RN realiza a Greve Geral Nacional na Educação no Estado.

Após uma assembleia, os trabalhadores em educação vão se somar a atividade do Fórum Estadual dos Servidores, que será realizada às 11h30, em frente á Governadoria, no Centro Administrativo, e protestar contra os atrasos de salários do funcionalismo estadual e a Reforma da Previdência do RN.

À tarde, às 14h, o SINTE vai participar de uma panfletagem na Praça Gentil Ferreira, no Alecrim. Às 16h os manifestantes vão sair da praça e caminhar até o Centro de Natal, para protestar contra a Reforma da Previdência nacional.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Prefeitura de Mossoró tem expediente normal na data de emancipação

Nesta quarta-feira (15) a cidade de Mossoró comemora 165 anos de emancipação política. A data celebrativa não é feriado municipal e a Prefeitura de Mossoró adota expediente normal amanhã em todas as secretarias e órgãos municipais.

A data foi instituída conforme a Lei nº 3028 de 23 de maio de 2013 e revogou a Lei nº 2009/2004, que atribuía a comemoração ao dia 09 de novembro.

Esta definição ocorreu a partir de informações colhidas por historiadores que confirmaram que o povoado de Santa Luzia de Mossoró passou a categoria de Vila através do Decreto Provincial de nº 246, fato que ocorreu em 15 de março de 1852, e assim Mossoró se desvinculou politicamente do Município de Assu.

*Com informações da SECOM/PMM

Nota do Blog - Os professores, no entanto, não deverão dar expediente nesta quarta-feira, já que alegam que o calendário letivo foi construído sem a data de 15 de março, justamente pelas comemorações. 

Candidatos a reitor e vice-reitor da UERN participam de debate em Natal

terça-feira, 14 de março de 2017

(Foto: ADUERN)
Nesta quarta-feira(14), a partir das 18h30, os candidatos a reitor e a vice-reitor da universidade participam do penúltimo debate realizado pela Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) antes das eleições, marcadas para o dia 22 deste mês. O debate será realizado no Campus da UERN em Natal, na Zona Norte. 

Os candidatos a vice-reitor, os professores William Coelho, Fátima Raquel e Ivanaldo Gaudêncio, debaterão os projetos para a universidade, a partir das 18h30. Já às 19h30, será a vez dos candidatos a reitor, os professores Telma Gurgel e Pedro Fernandes, iniciarem o debate.  

A ADUERN já realizou debates nos campus da UERN nas cidades de Pau dos Ferros, Patu, Caicó e Assu. O último debate será realizado em Mossoró, na sede da ADUERN, no próximo dia 20. 

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Governador Robinson Faria deve vir a Mossoró próximo sábado

segunda-feira, 13 de março de 2017

Robinson quando lançou o programa em Natal
(Foto: Emanuel Amaral/TN)
Ainda silente após a chacina que ocorreu em Mossoró no último sábado (12), em um baile funk no bairro Boa Vista, Robinson Faria, que se auto intitula "o governador da Segurança", deve vir ao município no próximo sábado.

Segundo informações extraoficiais, Robinson vem lançar o já atrasado Ronda Cidadã, projeto de segurança prometido - pelo próprio governador em sua última visita a Mossoró, em janeiro - para o último dia 03 de março.

Na próxima sexta-feira (17), o governador deve cumprir agenda em São Miguel e Pau dos Ferros, em seguida vem a Mossoró, onde, no dia seguinte, leva o projeto ao bairro Santo Antonio.

Audiência Pública

Sobre o tema Segurança, a Câmara Municipal de Mossoró realiza audiência pública na próxima quinta-feira (09). O Governo do RN já confirmou a presença do secretário estadual de Segurança, Caio Bezerra, no evento. Ele deve prestar contas dos investimentos em Segurança Pública no município de Mossoró.  

Nota do Blog - O tempo urge. A próxima viagem do governador Robinson Faria ao nosso município estava marcada para abril. A antecipação da vinda para lançar o Ronda Cidadã pode ser mais uma maneira de tentar reverter o desgaste na imagem, principalmente após a chacina ocorrida no último sábado, sobre a qual o gestor ainda não emitiu qualquer declaração oficial. A situação dificulta mais ainda a construção de uma boa imagem de Robinson no RN e em Mossoró.

Limpeza da UERN está paralisada nesta segunda-feira

(Foto: Cedida)
Um grupo de funcionários terceirizados da UERN amanheceu o dia em manifestação. Com cartazes, os trabalhadores da limpeza do Campus Central informam que estão há dois meses sem pagamento e com férias vencidas.

Em protesto, hoje (13) eles param as atividades durante todo o dia.

A Agência de Comunicação (AGECOM) da UERN enviou nota de esclarecimento sobre o assunto:

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) informa que na última quinta-feira, 09 de março de 2017, enviou a remessa financeira autorizativa de pagamento à agência bancária, para que fosse efetuada a transferência de pagamento para a empresa responsável pela prestação de serviços gerais de higiene e limpeza na Universidade.

Confirmamos que no dia seguinte, 10 de março, a agência bancária efetuou a transferência para conta da empresa responsável, quitando a última fatura apta ao pagamento da prestação de serviços gerais de higiene e limpeza na Instituição.

Ratificamos que a UERN vem tomando todas as medidas legais necessárias para que não ocorram atrasos de pagamentos dos terceirizados.

Professores do estado do RN recebem salários sem o reajuste do piso nacional

quinta-feira, 9 de março de 2017

(Imagem: Jarbas)
O piso salarial dos professores da rede estadual de ensino teve seu reajuste anual aprovado no último dia 22 de fevereiro pela Assembleia Legislativa do RN.

Entretanto, o acréscimo não foi pago junto com o salário referente ao mês de fevereiro. Tampouco o retroativo referente ao mês de janeiro - data-base do reajuste do piso. 

O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (SINTE/RN), Romulo Arnauld, informa que nenhuma explicação foi dada aos servidores do magistério.

Ele afirma que o sindicato entrou em contato com a secretária estadual de Educação, Claudia Santa Rosa, mas ela aguarda um retorno da Administração para dar uma resposta aos professores.

Débito com a PREVI Mossoró cresceu quatro vezes em dois anos

Em reportagem exibida no programa Cenário Político de 02 de março de 2015, o advogado Paulo Linhares, que acabara de deixar a presidência da PREVI Mossoró, denunciou, em tom de mera informação, que o débito da Prefeitura de Mossoró com o órgão, em fevereiro de 2015, era de cerca de R$ 6 milhões de reais, referentes a repasses não efetuados pela Prefeitura (reveja na reportagem abaixo).


Hoje, dois anos depois, a dívida alegada pela prefeita Rosalba Ciarlini é de quase R$ 20 milhões.

Na mensagem anual, lida no último dia 02 (veja aqui) a prefeita explicou o débito. "Podemos destacar o débito com a PREVI-Mossoró: segundo levantamento da própria PREVI, há uma dívida que se aproxima dos R$ 20 milhões, sendo R$ 9 milhões retido dos servidores e não repassados; R$ 3,5 milhões de obrigações patronais e R$ 7 milhões de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) e parcelamento não cumpridos".

Ministério Público
Em entrevista ao Meio Dia Mossoró, na 95 FM, o promotor do Patrimônio Público, Fábio de Weimar Thé, disse não ter conhecimento sobre os detalhes dessa dívida e citou o Termo de Ajustamento de Conduta firmado com PMM, informando que o descumprimento do termo pode ensejar punições ao gestor municipal.

Nota do Blog - É preferível acreditar que o crescimento da dívida com o fundo de aposentadoria dos servidores municipais mostra o mau gerenciamento da crise financeira em nosso município pelas gestões anteriores, e não a apropriação do dinheiro público, uma vez que se afirma que o valor foi retido dos servidores.

É importante que órgãos competentes por investigar essa situação se manifestem e iniciem uma investigação para mostrar à população onde está esse dinheiro.

Mulheres preparam greve internacional neste 8 de março

quarta-feira, 8 de março de 2017


Acampada contra a violência machista na Porta do Sol de Madri.
 EFE
Cento e sessenta e nove anos. Sim, 169. É o tempo que falta para que se alcance a igualdade econômica entre homens e mulheres, uma das variáveis mais mensuráveis do desequilíbrio de gênero. Em pleno 2017, uma radiografia da situação ainda mostra um mundo opressivamente desigual; um planeta que discrimina metade de seus habitantes e no qual elas são muito mais vulneráveis. Em que a cada 10 minutos uma mulher é assassinada por seu companheiro ou ex-companheiro e uma de cada três sofreu uma agressão sexual. Onde recebem menos que seus colegas homens por um trabalho de igual valor e ainda há países que impedem que as casadas tenham passaporte próprio. Por isso, organizações de todo o mundo fizeram um chamado por uma greve no trabalho (parcial, em alguns casos) e suspensão total de consumo e de cuidados no 8 de março, Dia Internacional da Mulher. E também para que se manifestem para reivindicar igualdade real.

Sob o lema #grevedemulheres #womenstrike, programaram paralisações e mobilizações em mais de 46 países, com especial força na América Latina, um subcontinente com graves problemas de violência contra as mulheres e onde, em razão do movimento Ni uma menos(Nem Uma A Menos), a luta pela igualdade ganhou força.

No 8 de março há pouco a celebrar e muito por que lutar, afirma Malgorzata Jonczy Adamska, psicóloga e pedagoga de origem polonesa que vive na Noruega e que, como muitas de suas companheiras, vai apoiar a paralisação. “Toda mulher e menina tem que ter direito à educação, a uma vida sem violência, acesso a anticoncepcionais seguros e baratos e ao aborto seguro”, insiste. Essa reivindicação deveria soar como algo antigo, mas não é assim. Sobre a mesa, a cifra dos assassinatos machistas, o indicador mais extremo da desigualdade de gênero. No Brasil, 13 mulheres são assassinadas por dia. Na Argentina matam uma mulher a cada 30 horas. Na Alemanha são mais de 300 os crimes machistas por ano.

Apesar de terem ocorrido avanços, ainda há países que não possuem uma legislação específica sobre violência contra a mulher. Ou que, como a Rússia, deram um passo atrás: o país descriminalizou parte desse tipo de agressão, apesar de a violência machista ser ali um gravíssimo problema. “Temos o direito de viver tranquilas, sem nos preocuparmos com nossa roupa nem nossos costumes, e eu me nego a aceitar qualquer tipo de maus-tratos machistas”, reclama a ativista russa Tatiana Sukharev, uma das organizadoras da greve no país.

Em pleno século XXI, as paquistanesas casadas não podem registrar um negócio sem a permissão do marido. Nem as congolesas, que, como as nigerinas, também não podem abrir uma conta de banco sem a assinatura de seu cônjuge: a mesma discriminação que enfrentaram as mulheres espanholas durante o franquismo. No Afeganistão, Malásia, Omã, Arábia Saudita, Iêmen e outros 12 países a mulher não pode viajar para o exterior sem a permissão do marido. Em 32 países, as mulheres casadas nem sequer podem ter passaporte próprio (Mali, Jordânia, Iraque, entre outros). Na Bolívia, Camarões e Guiné existem leis que estabelecem que as mulheres casadas precisam da permissão dos maridos para assinar um contrato de trabalho. Em lugares como o Líbano não podem transferir sua nacionalidade aos filhos.

A radiografia é extensa, e continua. Mais de 50 milhões de meninas não vão à escola no mundo –a maioria delas em países da África, segundo dados da Unicef–, um direito fundamental, sem o qual seu futuro estará gravemente limitado. E embora em alguns países o acesso tenha melhorado e as barreiras estejam sendo derrubadas, outros interpõem duros obstáculos no caminho para a igualdade. Como a Serra Leoa e a Guiné Equatorial, onde uma lei proíbe as garotas grávidas de irem as escolas pois podem “contagiar” suas companheiras. Neste último país chegam até a obrigar as menores a se submeterem a um teste de gravidez para poderem se matricular. Em outras nações, essas barreiras não são legais, mas as menores grávidas são tão gravemente estigmatizadas que acabam abandonando a escola. E a imensa maioria nunca volta.

Um duplo castigo em um mundo no qual mais de 220 milhões de mulheres em idade reprodutiva e que convivem com seus parceiros não têm acesso a métodos contraceptivos modernos, embora não desejem engravidar, segundo dados do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). O aborto é ainda proibido em mais de dez países (cinco deles na América Latina) e os ataques ao direito de a mulher decidir sobre a maternidade não só não cessam, mas recrudesceram.

Os dados não enganam. Em nível mundial, as mulheres só ganham 77 cêntimos para cada dólar recebido pelos homens por um trabalho de igual valor, segundo dados da ONU. Algo que, de acordo com essa organização, é a causa fundamental da desigualdade em termos de renda ao longo de toda a vida. E também da diferença nas aposentadorias. A desigualdade, a discriminação se mantêm até o último momento.

Câmara de Mossoró: com Alex Moacir na liderança do governismo, 2ª secretaria passará por eleição

terça-feira, 7 de março de 2017

(Foto: Assessoria CMM)
O vereador Alex Moacir foi escolhido o líder da bancada governista na Câmara Municipal de Mossoró (CMM).

Para a missão, ele renunciou a posição de 2º secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal, que agora deverá ser preenchida por outro nome da casa.

Para isso, deverá ser realizada uma eleição, de acordo com o Regimento Interno da Casa.

A oposição deve apresentar um nome à disputa. O governismo ainda não se pronunciou.

De acordo com a presidente da CMM, Izabel Montenegro, ainda não há uma data definida para a disputa, mas até amanhã de manhã, a Presidência da Câmara vai estar recebendo as inscrições dos candidatos à vaga.

Movimentos feministas organizam manifestação no Centro de Mossoró

Com o tema “Aposentadoria fica. Temer sai. Mulheres exigem Diretas já”, a mobilização organizada da Marcha Mundial das Mulheres junto ao MST, CUT e Frente Brasil Popular, promete um ato público de 8 de março com mais de mil mulheres em Mossoró.

A concentração para o ato será a partir das 14h, com oficinas de batuque e cartazes em frente ao prédio do INSS (Centro) e é aberta à participação da comunidade em geral.

Conceição Dantas, da coordenação da Marcha Mundial das Mulheres, explica: “o 8 de março é sempre dia de luta e, a cada ano, organizadas, atacamos diretamente os desafios que nos são colocados. Pós golpe, o vice presidente tem feito mudanças que são retrocessos nos direitos da classe trabalhadora, mulheres, estudantes. E agora, a sua proposta de reforma da Previdência quer que o povo pague a conta de uma crise da qual não temos culpa. Por isso nós defendemos a Previdência e fazemos coro por Diretas Já! Esse golpe tem que parar!”

Caso seja aprovada na forma como foi enviada, a reforma fará com que o povo brasileiro se aposente mais tarde e com valores sem reajuste com o salário mínimo.

Além de aumentar a idade de aposentadoria das mulheres, desconsiderando o acúmulo do trabalho doméstico, a reforma é ainda mais cruel com as mulheres do campo que têm mais dificuldade em comprovar renda e com as professoras, como alerta Inalda Lira, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores em Educação, SINTE, e também da Frente Brasil Popular: “a reforma acaba como a aposentadoria especial. A professora que se aposenta com 25 anos de contribuição e 50 anos de idade vai passar a contribuir 49 anos e se aposentar aos 65 anos. Com todas as condições difíceis que enfrentamos em sala de aula, como conseguiremos garantir a nossa saúde e uma boa educação?”.

Pela manhã, militantes da Marcha participarão da audiência pública: Os impactos da Reforma da Previdência na vida das mulheres, proposta pelo mandato popular da vereadora Isolda Dantas.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Prefeitura divulga para amanhã o início da operação tapa-buracos em Mossoró

segunda-feira, 6 de março de 2017

Avenida Abel Coelho é uma das mais
prejudicadas em Mossoró
A Secretaria Executiva de Infraestrutura, Projetos e Serviços Urbanos da Prefeitura de Mossoró promete para amanhã (07) a operação tapa-buraco em Mossoró.

A avenida Dix Sept Rosado deverá ser a primeira a receber os trabalhos de recuperação da malha viária.

A operação se estende para os principais trechos do Centro. De acordo com o secretário executivo Yuri Tasso, as ações seguirão pelas avenidas de maior fluxo e mais prejudicadas. 

“A partir do Centro, vamos dar continuidade às principais avenidas como Duodécimo Rosado, João da Escóssia, Rua João Marcelino, entre outras”, complementa.

O trabalho seguirá o cronograma determinado pela Secretaria, observando também a intensificação do período de chuvas.

Foram investidos recursos próprios do Município para aquisição do material a ser utilizado na pavimentação asfáltica de ruas e avenidas na cidade.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Câmara de Mossoró realiza audiência sobre os impactos da reforma da Previdência para as mulheres

Oito de março é o dia internacional da mulher. Em alusão a esta data, a vereadora Isolda Dantas (PT) está chamando uma audiência pública com o tema “Os impactos da reforma da previdência na vida das mulheres” que se realizará nesta quarta-feira (08), na Câmara Municipal, a partir das 10h.

Deputadas e senadora deram o exemplo e já realizaram
 reunião com o mesmo tema na semana passada
  (Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados)
A reforma da previdência encabeçada por Michel Temer está sendo contestada nacionalmente por diversos movimentos feministas devido as mudanças drásticas que propõe para a classe trabalhadora, especialmente para as mulheres.

Assim, o objetivo da audiência é trazer a pauta das mulheres contra a reforma da previdência para alertar e dialogar com a população mossoroense. 

De acordo com a assessoria da vereadora, espera-se a participação de, aproximadamente, 200 mulheres da zona urbana e rural, de movimentos sociais, sindicais e populares na audiência.

* Com informações da Assessoria de Imprensa

MP deve ouvir Kennedy Salvador sobre a existência de servidores fantasmas na Câmara de Mossoró

Deve ser amanhã (07), o dia em que o ex-procurador da Câmara Municipal de Mossoró (CMM), Kennedy Salvador, deverá comparecer à 11ª Promotoria de Justiça.

De acordo com notificação encaminhada no dia 24 de fevereiro, o advogado deve se reunir com a Promotora de Justiça Micaele Fortes Caddah para prestar esclarecimentos sobre a suposta existência de servidores fantasmas na Câmara Municipal.

Nota do Blog - O Ministério Público, apesar de pouco alarde, vem investigando irregularidades em relação aos servidores da CMM nas últimas legislaturas.

No final da legislatura passada, Kennedy Salvador, nome de confiança do ex-presidente da Casa, Jório Nogueira, teve seu nome envolvido em polêmicas no Poder Legislativo, com caso de nepotismo (veja aqui) e troca de acusações com vereadores sobre as contas na Câmara (veja aqui, aqui, aqui e aqui).     
Deputado Kelps lança aplicativo de celular para participação popular em seu mandato

Deputado Kelps lança aplicativo de celular para participação popular em seu mandato

O deputado Kelps Lima acaba de lançar mais uma plataforma de interação com seus eleitores. Agora, ele abre abre a possibilidade da população decidir seu voto nos projetos através de um aplicativo de celular. O aplicativo "Kelps - Decida meu voto" é inédito no Brasil.

"Um dos caminhos para melhorar a política é aumentar a participação popular. Acredito nisso e por esse motivo o convido a participar do nosso mandato", explica através de divulgação na rede social whatsapp.
   

O aplicativo "Kelps - Decida meu voto” tem link disponível para iPhone e Android.

Prefeitura de Mossoró agora conta com Disque-Segurança para denúncias

sexta-feira, 3 de março de 2017

A Prefeitura Municipal de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, iniciou o Projeto Disque-Segurança Mossoró. O objetivo é ampliar a participação do cidadão na oferta de informações para os órgãos policiais.

A partir de agora, o cidadão pode ligar ou enviar mensagem pelo aplicativo WhatsApp para o número (84) 98631-7000 com informações que possam ajudar na elucidação de crimes ocorridos em Mossoró ou fazer denúncias de crimes que ainda poderão ocorrer.

O secretário municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, General Eliéser Girão Monteiro Filho, destaca que é assegurado o sigilo total da fonte. 

As ocorrências receberão o tratamento legal e sigiloso, de acordo com as atribuições de cada uma das instituições dos sistemas de Segurança e de Defesa da Cidadania. “Aquelas que forem da atribuição municipal serão cobertas imediatamente pela Guarda Civil ou pelo Agente de Trânsito. As demais serão encaminhadas aos órgãos correspondentes”, observa o General.

*Com informações da SECOM/PMM

Governo paga 70% da folha na próxima terça-feira

O Governo do RN continua o pagamento da folha na próxima terça-feira (7), quando deposita os vencimentos de 52.325 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem até R$ 3 mil, representando um total de R$ 87.347.603.29. 

Os 24.029 servidores da Educação e Administração Indireta que possuem recursos próprios já receberam seus vencimentos no dia 24 de fevereiro, o que equivale a R$ 49.327.698,92.

Ao todo, o Governo pagará até a terça  R$ 136.675.302,21 que corresponde a 70% da folha do Estado.

Para os servidores que ganham acima de R$ 3 mil, o pagamento será anunciado em breve, a partir da disponibilidade de recursos.

* Com informações da Assessoria de Comunicação
Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
CAROL RIBEIRO RECOMENDA
  • Que país insano
    Esse país está cada dia mais avacalhado, a partir de suas instituições de Estado. No Congresso Nacional, temos o senador Renan Calheiros (MDB-AL) ameaçando...
    Há 2 horas