segunda-feira, 29 de abril de 2019

Justiça determina bloqueio de bens de deputado e de filha de Robinson

Compartilhar
Deputado é acusado de abrigar servidora fantasma
(Fotos: crédito não identificado)
Do Blog Saulo Vale

A 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal atendeu pedido do Ministério Público do RN e determinou o bloqueio de bens do deputado estadual José Dias (PSDB) e da influenciadora digital Janine Salustino Mesquita de Faria, filha do ex-governador Robinson Faria (PSD), até o limite de R$ 704.446,39.

O MP atribui a Janine Faria a suposta condição de “funcionária fantasma”, da Assembleia Legislativa do RN. Segundo a investigação, ela recebeu salários por mais de cinco anos, sem prestar serviço. 

Ela era secretária de gabinete parlamentar do deputado José Dias, no período de 1º de janeiro de 2011 a 4 de março de 2016, tendo recebido regularmente a remuneração do cargo. Foi exonerada, a pedido, em março de 2016, após denúncia do MP. Na época, o deputado garantiu que Janine cumpria expediente normalmente na AL.

Os salários mensais variavam de R$ 6.774,35 a R$ 8.123,75. Somando-se todos os valores recebidos, inclusive férias e décimo terceiro, chega-se ao valor total de R$ 536.100,38. Após as atualizações ordinárias, o montante resulta em R$ 704.446,39.

Janine Faria e José Dias foram intimados a, no prazo de 15 dias, apresentarem manifestação por escrito à Justiça.