UERN realiza enquete sobre violência de gênero na Universidade

 A comissão para construção da política de enfrentamento à violência contra mulheres no âmbito da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FUERN promove a partir desta segunda-feira (13) uma enquete para averiguar a possível incidência dessa problemática na comunidade acadêmica.

Formada em abril, a “Uern Mulheres” é composta por quatro professoras, duas técnicas-administrativas e uma discente, e conta com o apoio do Núcleo de Estudos sobre a Mulher Simone de Beauvoir – NEM/Fasso/Uern.

(Imagem: divulgação)

Integrante da comissão, Séphora Nogueira, técnica-administrativa e atualmente pró-reitora adjunta de Assuntos Estudantis, explica que, com a iniciativa, a Universidade dá seus primeiros passos na construção de uma política interna robusta de enfrentamento à violência de gênero.

“A enquete lançada nesta semana destina-se a coletar informações amplas de toda a comunidade acadêmica para fins de subsidiar a composição dessa proposta, que se destina à construção de uma política pública institucional”, afirma a pró-reitora.

Segundo Séphora, a enquete “não substitui as investigações já realizadas pelo corpo docente e discente da Universidade em suas respectivas áreas de pesquisa, com seus respectivos cortes de especificidade investigativa”.

Pioneira, a iniciativa dá visibilidade coletiva à questão no âmbito acadêmico e fora dele. Com isso, a Uern cumpre sua função de ser uma entidade socialmente referenciada.

Na visão da pró-reitora adjunta, “estamos em um momento de análise e reflexão, buscando elementos para melhor desempenhar nosso papel e para compreender adequadamente os fenômenos em questão”.

A enquete ficará disponível durante 15 dias e a participação de todos é fundamental. Para acessar o link, clique AQUI.

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA