Eleição para Presidência da Câmara de Mossoró fica 10x10: Sandra Rosado pode decidir

sábado, 31 de dezembro de 2016

Do Blog do Barreto


A vereadora Izabel Montenegro (PMDB) acaba de receber os votos de Emílio Ferreira (PSD) e Zé Peixeiro (PTC). Com isso ela deixa a eleição da presidência da Câmara Municipal no placar de 10 x 10. Por ser mais velha (entenda AQUI) ela seria eleita presidente.
Como Sandra Rosado (PSB) é a única vereadora sem voto definido, a neutralidade dela garante a eleição de Izabel. Só ela votando em Alex do Frango (PMB) faz a peemedebista perder a parada.
A eleição de presidente da Câmara Municipal é amanhã às 14h30.


João Gentil fecha apoio a Izabel Montenegro: veja como está o quadro atual

Enquanto a vereadora Isolda oficializa apoio ao vereador Alex do Frango para a presidência da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro ganha a garantia de voto de João Gentil.

João Gentil (PV) foi o primeiro dissidente do Grupo dos 13, que se tornou Grupo dos 11 após a saída de Manoel Bezerra para dar apoio também à Izabel (veja aqui).

Até agora, Alex do Frango tem a promessa de 12 votos: Isolda Dantas, Aline Couto, Raério Cabeção, Emílio Ferreira. Petras Vinicius, Ozaniel Mesquita, Zé Peixeiro, Rondinelli Carlos, Flávio Tácito, Tony Cabelos e Genilson Alves, além do próprio Alex.

Já Izabel Montenegro tem a garantia de 8 votos: João Gentil, Maria das Malhas, Didi de Arnor, Francisco Carlos, Manoel Bezerra, Ricardo de Dodoca, Alex Moacir e a própria Izabel.

Sandra Rosado, pelo menos por enquanto, mantém a posição de não participar da eleição (veja aqui).

Até amanhã à tarde, quando acontece a eleição, os candidatos devem continuar se movimentando ou para reverter o quadro, no caso da PMDBista, ou para manter o grupo unido em torno do seu nome, no caso de Alex do Frango.

Isolda Dantas conversa com Alex do Frango para fechar apoio

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Com baixas anunciadas no, até agora, Grupo dos 11, e ainda não confirmadas, Alex do Frango (PMB) pode ter a primeira adesão desde que o grupo se formou.

A vereadora eleita Isolda Dantas (PT) deve se reunir com o vereador reeleito para fechar o apoio do voto petista para a Presidência da Câmara Municipal de Mossoró.

O anúncio deve ser feito amanhã.

Às vésperas da eleição, que deve acontecer na tarde de domingo, dia 1º de janeiro, a declaração de apoio de mais um voto pode contar muito para o psicológico do grupo e ajudar a manter a unidade.

Aldo Fernandes e Fátima Marques têm nomes certos para o novo secretariado


O ex-presidente da Subseccional da OAB de Mossoró, Aldo Fernandes, será o novo secretário municipal do Planejamento a partir de 02 de janeiro. O advogado é filiado ao PMDB.

E, para a Controladoria do município, será nomeada a ex-secretária de administração Fátima Marques, que compõe a equipe de transição rosalbista e já era um nome esperado.

Informações de bastidores já confirmaram os nomes, faltando agora apenas a divulgação oficial.

Rosalba Ciarlini divulga novos nomes para o secretariado

Mais cinco secretarias tem as suas titularidades anunciadas nesta sexta (30) pela prefeita Rosalba Ciarlini. 

Veja a lista e os perfis a seguir:

Secretaria de Administração e Finanças - Sebastião Ronaldo Martins Cruz – Graduado em Engenharia Elétrica e pós-graduado em Sistemas de Energia em 1991; ambas as formações pela Universidade Federal do RN (UFRN). Foi chefe do Departamento de Planejamento do Sistema Elétrico da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern). Exerceu o cargo de assessor técnico e de planejamento da Secretaria de Educação do RN e também foi diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Rio Grande do Norte (ARSEP). Foi diretor do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater). Ronaldo Cruz foi coordenador de Energia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte. Exerceu ainda o cargo de secretário municipal de Urbanismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Parnamirim. É membro da equipe de transição da prefeita eleita Rosalba Ciarlini. 

 Secretaria Executiva de Agricultura e Recursos Hídricos- Anne Katherine de Holanda Bezerra - Graduada em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semiárido (2009). É mestre em Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semiárido (2012) onde desenvolveu atividades junto a cooperativas que viabilizaram a produção agrícola em algumas comunidades rurais de Mossoró. É doutora em Agronomia pela Universidade Federal da Paraíba (2016) apresentando alternativas para agricultura familiar. Possui experiência na área de produção vegetal, licenciamento ambiental e manejo adequado do solo. Atuou recentemente na Secretaria de Recursos Hídricos do RN com licenciamento de poços, açudes e barragens.  

Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude - Lorena Ciarlini Rosado – graduada em Marketing pela Universidade Potiguar e pós-graduanda em Políticas Públicas em Atenção à Família. Foi uma das coordenadoras da campanha de Rosalba Ciarlini nas eleições 2016. Possui atuação no desenvolvimento de trabalhos sociais e comunitários. 

 Secretaria de Educação - Magali Delfino - graduada em Letras pela UERN. Especialista em Gestão Escolar pela Universidade do Vale do Jaguaribe. Atuou como diretora pedagógica de 97 a 2001 e de 2002 a 2005 como diretora administrativa da Secretaria Municipal de Educação da gestão Rosalba Ciarlini. De 2011 a 2014 assumiu a diretoria da 12ª Diretoria
Regional de Educação de Mossoró.

Secretaria de Desenvolvimento Econômico - Lahyre Rosado Neto - Graduado em Comunicação Social pela Universidade Potiguar (UNP) e graduando em Psicologia também pela UNP. Pós-graduado em Gestão Estratégica pela Fundação Getúlio Vargas - Brasília. Concluiu o Programa Gestão Pública Contemporânea da Fundação Dom Cabral. É diretor administrativo da Rede Resistência de Comunicação e exerceu dois mandatos como vereador na Câmara Municipal de Mossoró.

Prefeitura de Mossoró prioriza pagamento de comissionados. Efetivos continuam sem perspectivas

A um dia do fim da gestão, os servidores efetivos da saúde ainda não receberam sequer o salário de novembro. O de dezembro, nenhum trabalhador concursado do município tem ideia de quando deverá receber.

Entretanto, os cargos comissionados foram privilegiados e já receberam seus salários referentes a dezembro.

A constatação foi divulgada pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDISERPUM), Marleide Cunha, mais uma vez, em nota de desabafo em seu Facebook.

Segue abaixo nota da presidente da entidade:





Posse do novo secretariado será segunda-feira

Kátia Pinto deixa presidência da ARSEP
para assumir Infraestrutura municipal
A posse do novo secretariado de Rosalba Ciarlini já tem data e hora marcadas: será na próxima segunda-feira (02), às 9h, na Estação das Artes.

Até agora, já foram divulgados nove nomes que deverão compor a equipe da prefeita eleita (veja aqui e aqui).

Até o fim do dia novos nomes devem ser divulgados.

Benjamim Bento será o secretário de saúde da gestão Rosalba Ciarlini

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

O nome de Benjamim Bento foi confirmado para a titularidade da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Mossoró. Com ampla experiência no serviço público, Benjamim é mais um secretário anunciado pela prefeita Rosalba Ciarlini. Novos nomes serão divulgados nesta sexta (30).

Segue o perfil do futuro secretário:

Benjamim Bento de Araújo Neto - graduado em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Pós-graduado em Gestão de Sistemas Locais de Saúde pela Escola de Saúde Pública do Ceará, pós-graduado Saúde da Família pela Escola de Saúde Pública do Ceará, pós-graduado em Obstetrícia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, pós-graduado em Auditoria de Sistemas de Saúde pela Faculdade de Ciências da Saúde da Paraíba – FACISA  e pós-graduado em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança – FACENE. Funcionário da Prefeitura de Mossoró desde 1999 e de carreira desde 2007. Exercia o cargo de Diretor de Planejamento da Gerência Executiva da Saúde e a função de Auditor de Saúde da Prefeitura Municipal de Mossoró. Foi também Secretário Municipal de Saúde.

*Texto: Assessoria de imprensa
Coalizão de Alex do Frango pode sofrer três baixas hoje e virar "Grupo dos 8"

Coalizão de Alex do Frango pode sofrer três baixas hoje e virar "Grupo dos 8"

Izabel Montenegro (PMDB) pode ter revertido mais três votos do até agora "Grupo dos 11".

Informações de bastidores dão conta que Zé Peixeiro, Emílio Ferreira e Flávio Tácito podem já ter deixado o grupo encabeçado por Alex do Frango (PMB).

Mais informações, ao longo do dia, aqui no Blog e pelas redes sociais.

Jório nomeia assessor outra vez para apenas 5 dias de trabalho


Exonerado “a pedido” do cargo de procurador da Câmara Municipal de Mossoró no último dia 5, o advogado Kennedy Salvador está de volta à Casa e ao mesmo posto.

Outra vez, o presidente Jório Nogueira (PSD) assina portaria datada de 26 de dezembro (segunda-feira última). Assim, seu ‘assessor’ terá apenas cinco dias de trabalho, haja vista que dia 1º de janeiro haverá nova legislatura e escolha de novo presidente, além de nomeação de outros comissionados.

O caso absolutamente inusitado pode ser atestado no mais recente Jornal Oficial do Município (JOM).

Kennedy Salvador teve que sair do cargo após escrever longo texto nas redes sociais (dia 3 deste mês), tratando todos os vereadores como bandidos e coletivamente como “corja”. Disse ainda que seus assessores comissionados participavam de falcatruas com empréstimos e salários.

Os vereadores “pediram” sua cabeça e o presidente Jório Nogueira aquiesceu, não obstante publicar em nota oficial que na verdade atendera a pedido do próprio procurador.

Nunca antes na história da Câmara Municipal de Mossoró ocorreu tamanha situação.

Manoel Bezerra é confirmado como mais uma dissidência do "Grupo dos 12"

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró (CMM) ganha contornos de novela.

A cena agora é tomada pela saída de Manoel Bezerra (PRTB) do "Grupo dos 12" - que apoia a candidatura de Alex do Frango (PMB) para a Presidência da CMM - para compor o grupo rosalbista, que apoia a candidatura de Izabel Montenegro (PMDB).

A vereadora PMDBista reeleita promete para amanhã mais duas adesões à sua candidatura.


Eleitor que não votou no segundo turno tem até esta quinta-feira (29) para justificar


Termina nesta quinta-feira (29) o prazo para o eleitor, que deixou de votar no segundo turno das Eleições Municipais de 2016, apresentar justificativa ao juízo eleitoral. Caso o eleitor não tenha apresentado a justificativa no dia da eleição, poderá preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo, por via postal, ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito até 60 dias após cada turno da votação, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. 

O documento, baixado em formato PDF, pode ser acessado na página inicial do TSE, por meio dos links “Eleitor” e, em seguida, “Justificativa eleitoral”. Para o preenchimento do formulário, é indispensável que o eleitor tenha em mãos o número do título. Além do requerimento devidamente preenchido, o eleitor terá que apresentar um documento de identificação oficial com foto, como carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), carteira de trabalho, passaporte, identidade funcional ou qualquer outro documento de valor legal equivalente.

Eleitores no exterior

No caso do eleitor que estava no exterior no dia do pleito, este tem até 30 dias contados da data do retorno ao Brasil para apresentar a justificativa de ausência à Justiça Eleitoral. A justificativa pode ser encaminhada pelos Correios. Para tanto, é necessário preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral e enviá-lo, juntamente com cópia do documento válido de identificação brasileiro e com a prova do motivo alegado, ao respectivo cartório do município onde vota.

Impedimentos

O eleitor que não votar e não apresentar justificativa fica impedido, dentre outras coisas, de tirar passaporte, de se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, ser investido ou empossado neles, e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Cancelamento do título

O eleitor que não votar em três eleições consecutivas, não justificar a sua ausência e não quitar a multa devida terá a sua inscrição cancelada. Para efeito de cancelamento, cada turno é considerado uma eleição.

Acesse aqui todas as informações sobre justificativa eleitoral.

*Assessoria de Comunicação do TRE-RN

Sandra Rosado diz que não vai participar da eleição à Presidência da Câmara

"Já que houve todo esse trabalho de uma forma que eu não considero honesta, nem respeitosa com relação ao meu mandato eu não participo dessa discussão a respeito do nome da vereadora Izabel. Tenho respeito por ela, mas ela fez por merecer os votos que conseguiu e me mostrou com as atitudes que não queria e não precisava do meu voto".

É o que afirma a vereadora eleita Sandra Rosado (PSB) sobre a escolha de Izabel Montenegro (PMDB) como candidata do governismo à disputa pela presidência da Câmara Municipal, em detrimento do seu nome, em sua primeira baixa como vereadora eleita.  

A ex-deputada federal conta que há 2 meses e meio, quando decidiu buscar a presidência, teve em Izabel Montenegro a primeira pessoa com quem conversou sobre o assunto. Levantou a possibilidade de apenas uma das duas trabalharem o nome, mas de acordo com Sandra, Izabel garantiu que não tinha vontade de participar da disputa. "Se em algum momento ela tivesse me dito que era candidata, certamente teria meu apoio".

Sandra diz que após trabalhar a viabilidade de seu nome por 2 meses e meio se sentiu atingida quando, há 15 dias, a PMDBista resolveu se lançar também à Presidência da Casa.

"Eu, na verdade, percebi através de olhares [numa reunião] que havia algo que tinha sido feito contra minha candidatura, que atraiu o apoio dos 11 vereadores que tinham me garantido votos".

A partir de então, a vereadora garante que não concordou em participar de prévias, que "quem disser isso está faltando com a verdade".

A decisão pelo nome de Izabel foi dos vereadores Francisco Carlos, Alex Moacir, Maria das Malhas e Ricardo de Dodoca. O vereador Didi de Arnor, segundo Sandra Rosado, foi o único que votou pelo seu nome: "Um jovem de primeiro mandato, mas que manteve sua palavra e honradez".
Apesar da posição em relação à Presidência da CMM,
Sandra Rosado garante que continua com a Rosa

Governo Rosalba Ciarlini

Apesar da opção de evitar participação na eleição, Sandra reafirma seu apoio à gestão Rosalba Ciarlini (PP) à frente da Prefeitura de Mossoró.

"Eleição de Câmara é uma coisa, apoio à administração é outra. Serei fiel aos meus princípios éticos e políticos. Lutamos pela vitória de Rosalba e vamos contribuir com a grande administração que fará".

"Rosalba vai ter uma tranquilidade muito grande pra contar com meu apoio em favor da cidade de Mossoró", finaliza.

PT de Mossoró pode definir voto à presidência da Câmara hoje

A executiva municipal do Partido dos Trabalhadores de Mossoró vai se reunir na tarde de hoje. Na pauta, o voto da vereadora eleita, Isolda Dantas (PT), à presidência da Câmara Municipal de Mossoró.

Como de praxe, o PT abaliza seus rumos em decisões coletivas no partido e, segundo a vereadora, assim deverá ser em seu mandato.

O PT, Alex do Frango e Izabel Montenegro

Para qualquer lado que olhe, a vereadora eleita Isolda Dantas (leia-se PT) terá dificuldades em definir o candidato à presidência.

Izabel Montenegro tem qualidades, mas é do PMDB, opositor ferrenho do PT em nível nacional. Mesmo sob uma realidade local, esse fator influencia a escolha do partido em Mossoró. 

Alex do Frango não tem o perfil de um candidato que acompanhe a ideologia do PT. Além disso, é do PMB, partido também considerado opositor pelos petistas.

Diante do dilema, pode-se cogitar não votar em nenhum dos candidatos. Mas, em conversa com o Blog, a vereadora petista eleita disse considerar essa possibilidade improvável, apesar de não descartar.

"Acho difícil. Não gosto dessa ideia. Nunca gostei de ficar em cima do muro na política. Mas tudo pode acontecer", explica.

Izabel Montenegro precisa de pelo menos cinco votos para a vitória

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Alex do Frango e Izabel Montenegro reúnem seus grupos para a disputa
à CMM (Foto: Carlos Costa)
Escolhida como a candidata do governismo para a disputa à presidência da Câmara Municipal de Mossoró, a vereadora Izabel Montenegro (PMDB), diz que está fazendo a sua parte.

Acredita que pode sim vencer a disputa do próximo dia 1º de janeiro.

Segundo a vereadora PMDBista, ela está conversando, um a um, com os vereadores que compõem o "Grupo dos 12", que declararam apoio ao candidato Alex do Frango - PMB (veja aqui).

Enquanto os 12 vereadores que compõem o grupo da oposição mantém seus votos, e outros dois vereadores - Isolda Dantas e João Gentil - se posicionam independentes e, até agora, sem posicionamento quanto ao candidato, a vereadora Izabel Montenegro deve ter, neste momento, sete votos. 

Dessa forma, para alcançar a vitória, a PMDBista precisaria de pelo menos mais cinco votos, tendo que reverter alguns do Grupo dos 12. Isso, para uma disputa apertada. Um desafio para ser realizado em cinco dias.

Nova Lei Orgânica do Município será promulgada nesta quarta-feira

A Câmara Municipal de Mossoró promulgará a nova Lei Orgânica do Município, nesta quarta-feira (28), às 9h, no plenário da Casa. A promulgação oficializa a vigência de uma emenda, que representa revisão geral na chamada Constituição do Município, a primeira atualização ampla em 26 anos.

Além da sessão solene no plenário, haverá descerramento de placa, no hall de entrada da Câmara, de celebração à nova Lei Orgânica, que será promulgada pela Mesa Diretora do Legislativo.

Sancionada em abril de 1990, a Lei Orgânica Municipal recebeu suas primeiras alterações no ano de 2012, e este ano, ganhou modificações mais amplas, resultado de 15 reuniões e outros trabalhos nos últimos dois anos.

A nova versão atualiza a lei aos tempos atuais, já que vinha sendo considerada “caduca” por não atender a novos preceitos legais. Entre as mudanças, por exemplo, há proibição da antecipação de eleição para presidente da Câmara.

Nota do Blog - A revisão da Lei Orgânica, lei maior do município, foi um trabalho importante desenvolvido desde a gestão de Francisco Carlos como presidente da CMM, e finalmente concluída este mês. Mas é a primeira vez que vejo um evento para se promulgar uma lei.

*Texto: Assessoria de imprensa da CMM

Rosalba divulga nomes de parte do secretariado


De visita ao Sistema Oeste de Comunicação onde concede em instantes entrevista ao Manhã TCM, a prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP), em conversa com o Blog do Barreto, informou que todos os secretários estão convidados. Ela revelou alguns nomes:
Rosalba, o filho Kadu Ciarlini e a filha Lorena Ciarlini,
 cotada para a Ação Social, durante diplomação
 (Foto: Redes Sociais)

Abraão Padilha: fazenda

Aglair Abreu: comunicação

Anselmo de Carvalho: consultoria

Kátia Pinto: infraestrutura

Lorena Ciarlini: ação social (em estudo, segundo a prefeita eleita)

A prefeita eleita ainda acrescentou que o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado não estará oficialmente no governo. “Vai colaborar do jeito que ele puder”, disse.

Nota do Blog - Posteriormente, a prefeita eleita concedeu entrevista ao jornalismo TCM e acrescentou outros três nomes: a professora Magali Delfino para a Educação, o general Eliezer Girão para a Segurança, e a advogada Karini Ferreira para a Procuradoria-Geral do Município. A pasta da saúde já tem nome definido, mas aguarda liberação do órgão onde trabalha.

O anúncio oficial do secretariado ainda deve ser feito essa semana.

Flávio Tácito afirma que foi convidado a ser presidente da Câmara

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Em conversa com o Blog, o vereador Flávio Tácito (PPL), esclarece que o seu voto à presidência da Câmara Municipal é "prego batido, ponta virada".

"Vou ser o vice de Alex do Frango e não mudo meu voto por conversa nenhuma", complementa se referindo à eleição que acontece no próximo dia 1º de janeiro.

"Pela primeira vez fui convidado por um grupo a ser cabeça de chapa", conta, explicando que não tem desejo de ser presidente e, portanto, aceitou ser o vice do candidato Alex do Frango (PMB), apoiado pelo 'Grupo dos 12" (veja aqui).

"Na política aprendi que para ser presidente não é preciso experiência, é preciso humildade, transparência e boa convivência com os demais", completa. 

Prefeitura de Mossoró promete novamente pagamento dos servidores

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais avisa que acabou de entrar em contato com a Prefeitura de Mossoró sobre o pagamento dos salários ainda do mês de novembro, prometido em parte para "até o dia 21" (veja aqui), mas que ainda não foi pago.


No dia 15 de dezembro servidores comemoravam
bloqueio das contas da PMM para pagamento,
que ainda não saiu
(Foto: Divulgação)
De acordo com a entidade, o secretário de Administração e Finanças de Mossoró, Marcos Fernandes, garante que a folha da Saúde para o servidor que ganha até R$ 2 mil será repassada hoje ao banco. O valor, portanto, deverá estar disponível para os trabalhadores quarta ou quinta-feira.

Já os servidores da Educação, Fazenda, Mobilidade Urbana e os guardas municipais podem sacar seus salários a partir de amanhã (27). De acordo com informações repassadas pela entidade, o valor teria sido repassado pela Prefeitura na última quinta-feira.

Posses de eleitos em Mossoró acontecem a partir das 14h do domingo

A Câmara Municipal de Mossoró realizará a solenidade de posse dos vereadores eleitos e reeleitos este ano, dia 1º de janeiro de 2016, às 14h30, na sala João Niceras de Morais – plenário da Casa Legislativa.

Os vitoriosos no pleito de 2016 vão compor a 18ª legislatura do Poder Legislativo Municipal.

A sessão de posse será presidida pela vereadora diplomada Sandra Rosado (PSB), que possui mais idade entre os que vão tomar posse, conforme prevê o Regimento Interno da Câmara.

Caberá ao vereador diplomado Emílio Ferreira (PSD), como o mais jovem, fazer o juramento de posse, em nome dos demais.

A cerimônia de posse será transmitida ao vivo, através da TV Câmara Mossoró, canal 16 – TCM.

Presidência da CMM

Logo após a posse, a presidente da sessão convocará a eleição para escolha Mesa Diretora para o biênio 2017/2018 (presidente, vice-presidentes, secretários e suplentes).

Tão logo o resultado seja proclamado, a sessão será encerrada, e a Mesa eleita e empossada dará posse à prefeita diplomada Rosalba Ciarlini (PP).

Posse de Rosalba

A posse da nova chefe do Executivo será realizada às 18h do dia 1º de janeiro, às 18h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado.

As datas e os horários das posses dos vereadores e da prefeita foram definidos, nesta quarta-feira, em conjunto entre a Câmara Municipal e assessoria de Rosalba Ciarlini.

*Texto: Assessoria de comunicação da CMM

Secretariado de Rosalba deve ser divulgado essa semana

Foto: O Mossoroense
O rosalbismo continua silente. Oficialmente, nada foi divulgado sobre o secretariado da próxima gestão. O anúncio oficial deve ser feito essa semana.

No entanto, as apostas continuam. Uma publicação no Diário Oficial do Estado, da semana passada, que traz a aposentadoria da jornalista Aglair Abreu, deixa quase certa a aposta pelo seu nome na Secretaria de Comunicação do Município. O nome já vinha sendo ventilado e é de extrema confiança do grupo.

Já os bastidores contam que o vereador Lahyre Rosado Neto (PSB), que se despede da Câmara Municipal em 31 de dezembro, pode assumir a pasta do Esporte, Juventude e Lazer.

Outros nomes são tidos como certos: Anselmo Carvalho, Kátia Pinto, Haroldo Duarte e Pedro Almeida.

O pesquisador Thadeu Brandão também chegou a ser comentado nas apostas políticas. 

Rosalba Ciarlini deverá também fazer alterações nas secretarias. Algumas devem ser desmembradas, outras, unidas.

Auditores reagem contra novo descumprimento da Prefeitura


Auditores fiscais e pessoal administrativo da Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Mossoró começaram uma “greve branca” à manhã de hoje. Comparecem, mas não realizam suas atividades normais.

A motivação é a quebra de compromisso – mais uma vez – do prefeito Francisco José Júnior
(PSDD), em relação ao pagamento da folha de pessoal.

A expectativa, decorrente de acordo judicial, era de que pelo menos o mês de novembro fosse liberado “até o dia 21″, quarta-feira da semana passada.

Foi em face dessa garantia que o juiz da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Mossoró, Pedro Cordeiro Júnior, desbloqueou contas bancárias da Prefeitura, que ele próprio tinha bloqueado.

É outro que foi enganado nesse longo enredo da atual e quase finalizada gestão municipal.

Nota do Blog - Os servidores têm entrado em contato com o Blog e buscado saber quando o pagamento deverá sair. Caros, se ao próprio juiz o Executivo deu uma garantia inverídica, que dirá à editora deste diário. A Prefeitura parece levar a questão do pagamento - e outras questões - com a barriga, torcendo pelo 1º de janeiro, quando finalmente passará a responsabilidade para a prefeita eleita Rosalba Ciarlini.

Rosalbismo conversa com vereadores da oposição para viabilizar nome à presidência da Câmara

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Sandra e Izabel, ao lado de Larissa e Alex Moacir
Se por um lado existe o movimento do grupo dos 12 vereadores oposicionistas para eleger Alex do Frango (PMB) presidente da Câmara Municipal de Mossoró (CMM) na próxima legislatura (veja aqui), o lado governista também vem articulando para viabilizar seu nome para o comando da casa.

Internamente, o grupo promete que a disputa deve ser acirrada, e que, em dez dias que ainda faltam para a eleição, a certeza dos 12 como oposicionistas pode não estar tão certa assim.

A bancada rosalbista que deve assumir a CMM em 2017 tem dois nomes se articulando junto aos colegas: as experientes Izabel Montenegro (PMDB) e Sandra Rosado (PSB).

Os próprios 12 vereadores da oposição afirmaram que já foram procurados pelas duas.

As candidatas, no entanto, dependem da articulação de Rosalba Ciarlini (PP) e do marido Carlos Augusto para viabilizar um dos nomes nessa disputa.

O rosalbismo, conforme anunciado, começou a se manifestar internamente logo depois da diplomação da prefeita eleita. 

As notícias de bastidores contam que o ex-deputado Carlos Augusto já começou a conversar com os parlamentares municipais, inclusive com os que compõem o "Grupo dos 12".

Nessas conversas, três nomes já estariam em cima do muro para mudar de lado. Assim, Rosalba Ciarlini não começa a gestão com minoria no parlamento municipal.   

Grupo dos 12 garante que Alex do Frango será presidente da Câmara Municipal

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Os vereadores eleitos que compõem o "Grupo dos 12" estiveram reunidos agora há pouco e oficializaram o apoio à candidatura de Alex do Frango (PMB) à presidência da Câmara Municipal de Mossoró.

O grupo, que até agora é maioria na Casa, divulgou um manifesto contendo as principais propostas da mesa diretora que se apresenta à disputa.

No documento, os 12 vereadores ressaltam que "a Câmara Municipal não deve ser considerada um anexo do poder Executivo Municipal e que em momento algum deve haver subserviência".

Os parlamentares afirmam ao Blog que a decisão não tem apoio nem relação com qualquer grupo político, seja ligado ao atual prefeito Francisco José Junior, ou ao empresário Tião Couto.

O grupo afirma ainda que pretende resgatar a imagem do legislativo municipal junto à população de Mossoró.

O manifesto contém as assinaturas dos vereadores: Alex do Frango (PMB), Zé Peixeiro (PTC), Petras Vinicius (DEM), Ozaniel Mesquita (PR), Aline Couto (PHS), Genilson Alves (PMN), Rondinelli Carlos (PMN), Tony Cabelos (PSD), Emílio Ferreira (PSD), Raério Cabeção (PRB), Manoel Bezerra (PRTB) e Flávio Tácito (PPL).

Os vereadores são oposição à prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP).

Leia abaixo o Manifesto:


Vereadores entram em acordo em sessão extraordinária

Foto: Bruno Barreto
Nesse momento os vereadores realizam a sessão extraordinária que foi convocada ontem, como um acordo de bancada.

Apesar da divergência com o presidente da Câmara, Jório Nogueira, os parlamentares entraram em acordo e, além da pauta definida para a sessão - votação da LOA e alteração da Lei Orgânica Municipal - a apreciação dos vetos da Prefeitura foi incluída.

A sessão deve encerrar os trabalhos legislativos na Câmara Municipal. 

Contas da Prefeitura são desbloqueadas pela Justiça

Após sete dias, o Juiz Pedro Cordeiro Júnior, da 1ª Vara da Fazenda Pública, da Comarca de Mossoró, declinou de sua decisão inicial e acatou nesta terça-feira (20) o pedido de desbloqueio das contas da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM), após ação movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum).

Em sua decisão, o juiz argumenta que o bloqueio impedia “qualquer medida administrativa tendente a pagar o salário dos servidores em atraso, bem assim os prestadores de serviços públicos essenciais, em reflexo direto na população”.

Além do pedido de desbloqueio, a PMM encaminhou à Justiça uma proposta onde informa datas e forma de pagamento dos servidores.

O Juiz Pedro Cordeiro informa ainda em sua decisão que em caso de descumprimento da proposta pode haver um “novo bloqueio como forma de obtenção de resultado prático”.  

A decisão foi discutida entre o Executivo e a Justiça, sem nenhuma participação do Sindiserpum, que discorda com o desbloqueio das contas.

Segue abaixo proposta de pagamento da Prefeitura:


* Com informações do SINDISERPUM.

Vereadores continuam queda de braço com Jório Nogueira

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Sessão convocada a contragosto do presidente da CMM
A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) mais uma vez não realizou a sessão ordinária.

As discussões giraram em torno da obstrução da pauta do dia e da votação da Lei Orçamentária Anual.

Novamente, o desentendimento foi entre os vereadores e o presidente da CMM.

De um lado, o presidente da Casa Jório Nogueira tentando votar a pauta do dia, incluindo a apreciação da criação da Agência Reguladora (veja aqui) e da permuta do terreno entre a Prefeitura e a FACENE (veja aqui), além de outros pontos menos polêmicos.

Do outro, os demais parlamentares buscando a votação para a Lei Orçamentária Anual (LOA), mas sem passar pela ordem do dia.

A solução encontrada foi articulada pelo vice-líder da bancada governista, Manoel Bezerra. Foi feito um acordo de bancada e com 12 assinaturas, até agora, e a contragosto do presidente, os edis convocaram uma sessão extraordinária para votação da LOA, amanhã (21), às 11h30.

Dessa forma, com a pauta da sessão extraordinária fechada, os vereadores votam o orçamento para 2017 e evitam passar pelos projetos que desejam obstruir.

Mesmo assim, Jório Nogueira afirma que vai continuar convocando sessão ordinária até o final do ano para tentar zerar a pauta.

Cenário Político acontece diretamente do Teatro Dix-Huit Rosado

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Hoje (19), o programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró (TCM), vai acompanhar todos os detalhes da diplomação dos eleitos na última eleição.

A editora deste Blog estará ao vivo no teatro Dix-Huit Rosado mostrando a chegada dos políticos e o início da cerimônia de diplomação, realizada pela 34ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A prefeita, vice e vereadores eleitos deverão conversar com nossa equipe sobre os novos mandatos. 

Enquanto isso, o jornalista Marcello Benévolo estará no estúdio do programa, interagindo com os telespectadores, que poderão fazer comentários sobre o momento político.

O Cenário Político vai ao ar às 18h40 no Canal 10 da TCM.  

Juiz nega pedido liminar e mantém a diplomação de Rosalba Ciarlini

Juiz Breno Valério, titular da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró
Acabou de ser publicada, no mural da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró, uma decisão do juiz Breno Valério que mantém para logo mais, às 19h, a diplomação da prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP).

O magistrado julgou um pedido liminar feito na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), impetrada pela coligação de Tião Couto (PSDB), que pede cassação da PPista (veja aqui).

A AIJE questiona as irregularidades na prestação de contas de Rosalba, que foi desaprovada pela Justiça Eleitoral semana passada (veja aqui).

O mérito da ação ainda deve ser julgado após tramitação de praxe, seguindo os ritos de atendimento ou não das diligências pedidas na investigação e acompanhamento do processo pelo Ministério Público Eleitoral.


Vereador eleito Ozaniel Mesquita tem mandato questionado na Justiça Eleitoral

Ozaniel Mesquita e Benjamim Machado brigam por mandato

Após ter suas contas de campanha desaprovadas pelo juiz da 34ª Zona Eleitoral, o vereador eleito Ozaniel Mesquita está tendo seu mandato questionado agora em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, a famosa AIJE.

Quem protocolou a ação, dessa vez na 33ª Zona, foi o 1º suplente de sua coligação e correligionário, o ex-vereador Benjamim Machado.

A AIJE se baseia na desaprovação das contas do eleito para pedir a cassação de mandato e, consequentemente, a posse do 1º suplente.

Ação cria impasse sobre quem julgará os questionamentos às contas de Rosalba

Fórum Eleitoral Celina Guimarães Viana, sede das duas zona eleitorais
de Mossoró
A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) protocolada pela coligação de Tião Couto (PSDB) contra Rosalba Ciarlini (PP) está gerando um impasse na primeira instância do TRE/RN.

Agora há pouco, o juiz Claudio Mendes, da 34ª Zona Eleitoral, onde foi protocolada a ação, remeteu o processo para a outra zona que abrange Mossoró, a 33ª (veja aqui).

O Blog explica: cada uma das zonas são responsáveis por determinados assuntos. Nesse caso, a 33ª julga este tipo de ação, as AIJEs, que envolvem abusos de poder. Já a 34ª julga processos relativos às prestações de contas dos candidatos.

A ação instaurada pela equipe jurídica do candidato Tião Couto é uma AIJE, mas trata de prestação de contas. Daí, o impasse na Justiça Eleitoral sobre de quem é, afinal, a competência para julgar os questionamentos da oposição à prefeita eleita.

O juiz da 33ª zona eleitoral, Breno Valério, poderá acatar ou não, a missão de julgar o processo.

Uma solução apontada por especialistas seria a alteração da natureza do processo: de AIJE, para Representação, já que o conteúdo é referente à contas eleitorais. Esta alteração poderia ser efetuada pela equipe de Tião Couto.

Vale lembrar que, em 2013, também houve questionamento sobre as contas da então prefeita Claudia Regina. Os processos protocolados foram uma Representação e um Recurso Contra a Expedição de Diploma (RCED), que foram julgados pelo juízo da 34ª Zona. 
Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
CAROL RIBEIRO RECOMENDA
  • Que país insano
    Esse país está cada dia mais avacalhado, a partir de suas instituições de Estado. No Congresso Nacional, temos o senador Renan Calheiros (MDB-AL) ameaçando...
    Há 3 horas